Rebeca Gusmão recebe 2a suspensão por doping e pode ser banida

quinta-feira, 24 de julho de 2008 15:43 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A nadadora brasileira Rebeca Gusmão recebeu uma segunda condenação por doping da Federação Internacional de Natação (Fina), nesta quinta-feira, desta vez por exames antidoping realizados durante o Campeonato Brasileiro de 2006.

Rebeca, que em maio foi condenada a dois anos de suspensão por um exame antidoping positivo durante os Jogos Pan-Americanos de 2007, agora acumula uma segunda pena de dois anos, que a manterá longe das piscinas até julho de 2010, informou a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

"A CBDA vem tornar público que acaba de receber da Federação Internacional de Natação, mais precisamente do Painel de Doping da Fina, a decisão de suspender por dois anos, a partir de 17 de julho de 2008, a atleta Rebeca Gusmão", disse a CBDA em nota oficial nesta quinta-feira.

De acordo com as regras da Agência Mundial Antidoping (Wada), uma segunda condenação por doping pode resultar na exclusão do atleta do esporte. No caso de Rebeca, entretanto, a nadadora entrou com recurso contra a condenação referente ao Pan-Americano na Corte Arbitral do Esporte (CAS) e o caso ainda está sendo avaliado.

A decisão da federação internacional de suspender a brasileira por dois anos pelo doping de 2006 acontece após a própria CAS, última instância da justiça desportiva internacional, ter se considerado inapta para julgar esse caso, em maio, porque ele ainda não tinha sido avaliado pela Fina.

Com a decisão da CAS, o processo voltou às mãos da Fina, que anunciou seu veredicto nesta quinta-feira. A substância encontrada no organismo de Rebeca foi mais uma vez a testosterona, hormônio masculino.

A primeira pena de dois anos imposta a Rebeca teve início em 2 de novembro de 2007, quando ela foi suspensa preventivamente devido ao antidoping positivo no Pan. Na ocasião foram encontrados altos níveis de testosterona numa amostra da atleta colhida em 13 de julho de 2007, dia da abertura dos Jogos.

No final de 2007, a Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa) decidiu cancelar os tempos e cassar as medalhas conquistadas por Rebeca na competição. A nadadora havia conquistado a medalha de ouro nos 50m e 100m livre, a de prata no revezamento 4x100m livre e o bronze no 4x100m medley.

DEFESA   Continuação...

 
<p>Rebeca Gusm&atilde;o recebe 2a suspens&atilde;o por doping e pode ser banida. A nadadora brasileira Rebeca Gusm&atilde;o recebeu uma segunda condena&ccedil;&atilde;o por doping da Federa&ccedil;&atilde;o Internacional de Nata&ccedil;&atilde;o (Fina), desta vez por exames antidoping realizados durante o Campeonato Brasileiro de 2006. Foto do Arquivo. Photo by Carlos Barria</p>