February 25, 2008 / 12:36 PM / 9 years ago

Sharapova obtém segundo título do ano em Doha

4 Min, DE LEITURA

<p>Maria Sharapova posa para fotos com trof&eacute;u do Aberto do Catar, em Doha. Ela derrotou a compatriota Vera Zvonareva na final disputada neste domingo. Photo by Fadi Al-Assaad</p>

Por Barry Wood

DOHA, Catar (Reuters) - Maria Sharapova reclamou seu segundo título do ano e o 18o de sua carreira neste domingo, ao derrotar a compatriota Vera Zvonareva em parciais de 6-1, 2-6 e 6-0 na final feminina do Aberto de Qatar.

A campeã do Aberto da Austrália, que ampliou sua seqüência de vitórias em 2008 para 14 partidas, perdeu para Zvonareva no último embate das duas russas em Indian Wells onze meses atrás. E, mesmo depois de vencer o primeiro set, viu-se em apuros novamente contra sua adversária, que já esteve entre as dez melhores do mundo.

"Comecei muito devagar", disse Sharapova aos repórteres. "Estava meio dormindo no começo da partida. Tive que entrar no jogo de alguma maneira e consegui, e acabei jogando muito bem."

Jogando diante de um estádio lotado de 5 mil espectadores, a quarta cabeça-de-chave Sharapova teve um início sofrível, perdendo o primeiro game sem um ponto sequer.

Mas ela consertou a situação imediatamente, empatando em 1-1 e surpreendendo sua adversária com bolas fundas e baixas e poderosos forehands.

Movendo-se com crescente desenvoltura, seu jogo agressivo forçou Zvonareva a cometer uma série de erros e lhe permitiu quebrar o serviço da compatriota duas vezes no set, quando parecia que prosseguiria em uma vitória fácil. Mas o segundo set viu uma reversão total do quadro.

Favorita Com Muito Custo

Uma dupla falta deu a Zvonareva uma quebra em 2-0 depois de Sharapova ter chegado a fazer 40-0, e suas bolas baixas e agressivas forçaram a favorita, que lutava com dificuldade, a uma sucessão de erros.

Cometendo não mais que três erros não-forçados, Zvonareva dominou o set e quebrou o serviço da adversária novamente, empatando o jogo no quinto set point.

O pêndulo mudou mais uma vez no último set, quando uma Sharapova determinada elevou o nível de seu jogo, assumindo o controle a partir do primeiro game e só entregando oito pontos no resto da partida.

"Tive tantas oportunidades no começo do segundo set, mas não as aproveitei, e ela é o tipo de adversária que joga seu melhor tênis quando está atrás e não tem nada a perde", disse Sharapova

"O nível dela subia enquanto o meu descia. Senti minha energia acabando. Não estava me mexendo ou batendo da mesma maneira, e acho que aquele primeiro game do terceiro set foi muito importante, me deu muita confiança."

Zvonareva concordou que o início do último set teve um papel crucial no desfecho da partida.

"Foi dura", disse Zvonareva. "Ela começou muito bem e eu não sabia direito o que fazer. Ela foi muito agressiva e não me deu chance. Aí eu reencontrei meu jogo e dei trabalho a ela no segundo set."

"Acho que o primeiro game do terceiro set foi importante para o meu serviço. Eu o perdi, em seguida ela tomou a frente em 3-0 e ficou muito difícil contê-la depois disso."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below