Bellucci dá adeus a Wimbledon após batalha de quase 4 horas

quarta-feira, 25 de junho de 2008 17:45 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Thomaz Bellucci lutou por 3 horas e 42 minutos antes de ser derrotado na segunda rodada de Wimbledon pelo alemão Simon Stadler por 3-6, 6-3, 6-1, 6-7 e 8-6, no jogo que decretou o fim da participação brasileira na chave de simples do Grand Slam disputado sobre a grama.

O tenista número 1 do país, disputando o segundo Grand Slam da carreira, começou a partida arrasador contra o adversário 172 do mundo e levou o primeiro set com uma quebra de serviço, contra nenhuma do adversário.

As duas parciais seguintes, entretanto, foram dominadas por Stadler, que só não fechou o jogo no quarto set ao desperdiçar seis de sete break points.

Bellucci então venceu o tiebreak por 7-5 e levou o jogo para o quinto set, que seguiu sem quebras até 6-6, quando Stadler aproveitou um break point para abrir vantagem e fechar a parcial na sequência em seu serviço.

Na estréia em Wimbledon, Bellucci conquistou a primeira vitória da carreira num dos 4 principais torneios de tênis do mundo, ao bater o russo Igor Kunitsyn. Antes do torneio inglês, ele perdera na estréia de Roland Garros para o tetracampeão Rafael Nadal

Bellucci, número 68 do ranking mundial, agora se concentra no torneio de duplas, em que faz parceria com Marcos Daniel, que foi eliminado na estréia de simples pelo suíço Stanilas Wawrinka.

Na chave de duplas, Marcelo Melo e André Sá, semifinalistas do torneio em 2007, passaram sufoco para vencer os russos Michaul Elgin e Alexandre Kudryavtsev em cinco sets.

Os brasileiros, cabeças-de-chave número 12, começaram perdendo e só deslancharam na última parcial, para fechar o jogo em 3-6, 6-3, 6-4, 4-6 e 6-1, após 2 horas e 23 minutos de partida.

Eles enfrentarão na segunda rodada a dupla formada por Johan Brunstrom (Suécia) e Adam Feeney (Áustria), que também venceram por cinco sets na estréia.

Melo e Sá estão na mesma parte da tabela do também brasileiro Bruno Soares, que reedita a parceira com o sérvio Dusan Vemic, com quem foi semifinalista em Roland Garros.

(Por Pedro Fonseca)

 
<p>Bellucci d&aacute; adeus a Wimbledon ap&oacute;s batalha de quase 4 horas. Thomaz Bellucci lutou por 3 horas e 42 minutos antes de ser derrotado na segunda rodada de Wimbledon pelo alem&atilde;o Simon Stadler no jogo que decretou o fim da participa&ccedil;&atilde;o brasileira na chave de simples do Grand Slam disputado sobre a grama. Foto do Arquivo. Photo by $Byline$</p>