25 de Junho de 2008 / às 14:51 / 9 anos atrás

Abu Dhabi vai encerrar temporada aumentada da F1 em 2009

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - A temporada da Fórmula 1 será ampliada para 19 corridas no ano que vem, com a estréia de Abu Dhabi como último grande prêmio do ano, em novembro, informou a Federação Internacional de Automobilismo (FIA), nesta quarta-feira.

O Grande Prêmio do Brasil, que vai fechar a temporada deste ano, será a penúltima prova de 2009, em 1o. de novembro, no circuito de Interlagos (SP).

A FIA divulgou o calendário provisório, que começa na Austrália em 29 de março e terá uma corrida a mais que em 2008, após reunião do Conselho de Automobilismo da entidade, em Paris.

O campeonato começará e terminará mais tarde do que nos últimos 20 anos, com sua última corrida em 15 de novembro.

O Grande Prêmio da França, que estava ameaçado de ser cortado, manteve sua vaga em 28 de junho, mas o GP dos Estados Unidos segue de fora. A corrida em Indianápolis foi disputada por oito anos consecutivos entre 2000 e 2007.

Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, com um novo circuito de rua, será a segunda prova no Oriente Médio, depois do Barein, em um calendário que no mais repete os mesmos países deste ano.

A prova no golfo será a única novidade de 2009, seguindo as inclusões este ano da corrida de rua em Valencia (GP da Europa) e da prova noturna em Cingapura, que foram mantidas no próximo calendário.

O Brasil será a penúltima etapa, após uma sequência de provas no Oriente em Cingapura, Japão e China.

Apesar de não haver confirmação sobre o circuito ou o horário da prova do Japão, Suzuka deve ser o palco da corrida, como parte de um acordo de revezamento com Fuji, enquanto Nuerburgring substitui Hockenheim para o GP da Alemanha.

Quatro corridas acontecerão em finais de semana consecutivos, a começar por Austrália e Malásia.

A Fórmula 1 foi disputada com 19 rodadas apenas uma vez na história, em 2005, mas havia grande especulação sobre um aumento para 20 corridas, agora que as equipes fazem significativamente menos testes.

Índia e Coréia Sul esperam estrear na categoria em 2010, enquanto o chefão da F1, Bernie Ecclestone, quer incluir Rússia e Estados Unidos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below