Controle de doping em Pequim será mais rigoroso da história

quarta-feira, 25 de junho de 2008 16:05 BRT
 

Por Erik Kirschbaum

BERLIM (Reuters) - O controle antidoping nos Jogos Olímpicos de Pequim será o mais rigoroso já realizado até hoje em Olimpíadas, disse o vice-presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach.

Em uma entrevista à Reuters, Bach afirmou ainda que o ar de Pequim pode não ser tão limpo quanto o esperado, e que ele espera das autoridades chinesas que elas redobrem os esforços para reduzir a poluição antes do início dos Jogos, no dia 8 de agosto.

Bach, o diretor do Comitê Olímpico Nacional da Alemanha, que também dirige a comissão disciplinar do COI, disse que a triagem antidoping foi aprimorada desde os escândalos que mancharam a Olimpíadas de Atenas, em 2004, e os Jogos Olímpicos de Inverno de Turim, em 2006.

"Os Jogos de Pequim serão de longe os mais rigorosamente controlados até hoje e o evento esportivo mais estritamente controlado da história", disse Bach.

"Tomamos um grande passo para frente. Houve muita coisa feita na batalha contra o doping", acrescentou.

Não é apenas um aumento nas triagens antidoping, que subiram de 3.600 em Atenas para 4.500 em Pequim, mas também testes mais sofisticados e atenção especial que os competidores irão receber por qualquer comportamento distinto.

"Os avanços continuam e você pode ver as mudanças em produtos e substâncias sendo usadas. Nós reagimos a isso", disse Bach.

"Se houver testes positivos, isso mostrará que o sistema está funcionando".