Milan nega autorização mas Flamengo diz que negocia co Ronaldo

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007 19:13 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Apesar de não ter recebido autorização do Milan, o Flamengo confirmou nesta quarta-feira que está em negociação com o atacante Ronaldo para tentar contratar o jogador para a disputa da Copa Libertadores de 2008.

"Já iniciamos o processo, não sabemos até onde ele vai, mas o start foi dado. Entramos em contato com o Ronaldo e o Leonardo (ex-jogador do Flamengo e Milan que é atualmente dirigente do clube italiano)", disse o vice-presidente de futebol do clube carioca.

De acordo com o dirigente, ele não recebeu nenhuma permissão de Leonardo para negociar diretamente com Ronaldo, mas ainda assim fez contato com o jogador.

Em comunicado no seu site oficial, o Milan afirmou que não deu autorização para o Flamengo negociar com Ronaldo, que chegou ao clube contratado junto ao Real Madrid em janeiro de 2007.

"O Milan nega que abriu negociações com o Flamengo para a transferência de Ronaldo", afirmou a nota da equipe.

Segundo Kléber Leite, o Flamengo buscou uma parceira com empresários para tentar a contratação do atacante, mas o próprio dirigente admite que não será fácil repatriar o jogador.

"Será um trabalho duro, mas pelo tamanho e pela força do Flamengo, nada é impossível. Tenho certeza que os dirigentes do Milan são sensíveis e no final o que vai prevalecer é a vontade do jogador", acrescentou Leite em entrevista coletiva na sede da equipe.

Ronaldo, de 31 anos, é torcedor declarado do Flamengo. O jogador tem contrato com o Milan até julho de 2008, o que, segundo Kléber Leite, permite ao clube carioca negociar diretamente com o jogador a partir de seis meses antes do fim do acordo.

"O que estamos elaborando é um projeto de vida para o Ronaldo, não só para a Libertadores, até porque ele pretende jogar a Copa de 2010", afirmou.

Kléber Leite disse ainda que o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, estaria no Brasil para passar o Ano Novo no Rio de Janeiro. Os dois dirigentes teriam um encontro marcado para tratar da questão.

Prejudicado por contusões seguidas, Ronaldo disputou apenas uma partida pelo Milan na atual temporada. Ele foi cortado pela equipe às vésperas do Mundial de Clubes do Japão, este mês, quando o time sagrou-se campeão.