Eduardo perdoa zagueiro do Birmingham que quebrou sua perna

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008 10:37 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O atacante do Arsenal Eduardo da Silva disse que perdoou o zagueiro do Birmingham City Martin Taylor pelo carrinho que quebrou a perna e deslocou o tornozelo do jogador brasileiro em partida do Campeonato Inglês no fim de semana.

Eduardo, que é naturalizado croata e defende a seleção desse país, ficará por até nove meses em recuperação, após ter passado por cirurgia no sábado. A lesão aconteceu no empate de 2 x 2 das equipes, em Birmingham.

"Eu perdôo Martin. Doeu demais, mas eu estou bem agora. Eu sei que ele não fez isso de propósito", disse Eduardo ao jornal Sun desta terça-feira.

"Eu fiquei impressionado quando vi como a minha perna estava, e fiquei preocupado com o que poderia acontecer. Mas eu vou estar de volta."

O atacante, que completou 25 anos na segunda-feira, não se mostrou abatido, apesar da grave contusão.

"Essas coisas podem acontecer no futebol. Vejo isso como um risco na profissão do futebol", afirmou ele ao Daily Mail. "Algumas vezes você está em cima, outras embaixo."

O Arsenal informou que o jogador receberá alta do hospital em Londres onde está internado nos próximos dias.

(Por Pritha Sarkar)

 
<p>Martin Taylor (esq), do Birmingham City, atinge Eduardo Da Silva, do arsenal, durante partida pelo campeonato ingl&ecirc;s, no s&aacute;bado. O atacante do Arsenal disse que perdoou o zagueiro do Birmingham City Martin Taylor pelo carrinho que quebrou a perna e deslocou o tornozelo do jogador brasileiro. Photo by Lee Mills</p>