Schumacher ajudará a distribuir multa por espionagem

quarta-feira, 26 de março de 2008 15:18 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Campeão mundial pela Ferrari, Michael Schumacher vai ajudar a distribuir os 60 milhões de dólares pagos pela McLaren como multa pela polêmica de espionagem no ano passado. As informações são da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), que se pronunciou na quarta-feira.

Schumacher, que foi campeão sete vezes e se aposentou em 2006, será um dos cinco membros do comitê de gerência do Fundo de Desenvolvimento de Segurança Automobilística, órgão mundial.

A FIA informou em comunicado que a intenção é usar o fundo nos próximos cinco anos em três programas de segurança para pilotos, funcionários e associações.

Os outros membros da gerência do comitê são o presidente da FIA, Max Mosley; o ex-chefe da Ferrari Jean Todt; o diretor da Mercedes na Fórmula 1, Norbert Haug, e Nick Craw, que representa as associações esportivas nacionais.

(Reportagem de Alan Baldwin)