Torcedores ainda vibram pela Rússia, mesmo com eliminação

quinta-feira, 26 de junho de 2008 20:18 BRT
 

Por Gennady Fyodorov

MOSCOU (Reuters) - Torcedores russos desapontados, porém orgulhosos, saíram às ruas na noite desta quinta-feira após assistirem à derrota de 3 x 0 para a Espanha na semifinal da Euro 2008 no estádio Ernst Happel, em Viena.

Muitos esperavam uma repetição das comemorações de sábado, quando 700.000 torcedores festejaram em Moscou a vitória da Rússia por 3 x 1 sobre a favorita Holanda nas quartas-de-final da competição.

A televisão russa informou que a polícia de Moscou havia estimado que ainda mais pessoas sairiam nas ruas da cidade para comemorar caso a Rússia vencesse a Espanha.

"O número poderia chegar a 3 milhões de pessoas", disse o programa estatal Vesti news citando a polícia antes da partida.

Milhares de policiais de choque fizeram guarda em Moscou para manter o controle entre os torcedores e nenhuma ocorrência foi reportada.

Enquanto a maioria dos torcedores, que assistiram a partida sendo jogada em Viena em bares e restaurantes, iam para casa com os corações partidos em silêncio, cantos da torcida ainda podiam ser ouvidos pela cidade.

Gritos de "Rossiya, Rossiya" ecoaram pela noite enquanto outros gritavam "Guus, Guus, Guus", em homenagem ao técnico da seleção russa, o holandês Guus Hiddink.

Hiddink se tornou um herói nacional para milhões de russos da noite para o dia, transformando um time considerado por muitos como limitado e fraco em uma das equipes mais atraentes da Euro 2008.   Continuação...