Dunga escolhe Ronaldinho como capitão da seleção olímpica

sábado, 26 de julho de 2008 16:16 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O técnico Dunga escolheu o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho para usar a braçadeira de capitão da seleção brasileira na Olimpíada de Pequim.

O jogador, recém contratado pelo Milan junto ao Barcelona, foi anunciado como líder da equipe neste sábado, em comunicado no site oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

"É uma responsabilidade boa, que me deixa motivado, por ser também uma prova da confiança. Fiquei muito feliz.", afirmou o camisa 10, que disputará a segunda Olimpíada da carreira.

Convocado com um dos jogadores acima do limite de idade de 23 anos, Ronaldinho é quem dá início ao samba nas viagens de ônibus da delegação e tem bom relacionamento com toda o grupo fora de campo.

O jogador é o mais experiente do grupo, e fez parte da seleção brasileira que foi derrotada por Camarões nas quartas-de-final da Olimpíada de Sydney-2000.

Na área musical, Ronaldinho ganhou um parceiro de peso com a apresentação do atacante Jô. O atacante, que defenderá o Manchester City nas próximas temporadas, é um sambista nato.

Segundo a comissão técnica, o entrosamento fora dos gramados é considerado fundamental para que este seja refletido dentro de campo.

"Os jogadores estão felizes, o ambiente está excelente, e esse é um dos passos para se conseguir os objetivos no futebol. Não basta ter um grande time, só se ganha títulos quando se consegue formar um grupo de verdade, e é o que está acontecendo aqui", afirmou o técnico Dunga ao site da CBF.

(Por Fabio Gehrke)