Real Madrid tenta acalmar Manchester sobre Cristiano Ronaldo

terça-feira, 27 de maio de 2008 20:09 BRT
 

Por Mike Collett

LONDRES (Reuters) - O Real Madrid tentou acalmar o Manchester United nesta terça-feira depois que o atual campeão europeu ameaçou levar o clube espanhol à Fifa pelo interesse no jogador Cristiano Ronaldo.

O Real Madrid deixou claro seu interesse pelo atacante português em diversas declarações públicas nas últimas semanas, reconhecendo também que o atleta de 23 anos pertence ao Manchester United.

"Nós não fizemos nada e não iremos fazer nada que vá contra a vontade de um clube que temos como amigo como o Manchester United. Temos uma relação magnífica com eles", disse o presidente do Real, Ramon Calderon, a jornalistas.

"Não vamos iniciar um conflito. Se um clube não quer vender um jogador, por que iríamos insistir? É um problema entre o jogador e seu time."

Os atuais campeões ingleses estão determinados a segurar Cristiano Ronaldo, que marcou 42 gols pelo Manchester na temporada e foi eleito pelo segundo ano consecutivo o melhor jogador da Inglaterra.

Nesta terça-feira, a equipe inglesa divulgou em seu site um comunicado dizendo: "Manchester United emite aviso ao Real". Na declaração, o clube inglês afirma ter assistido com "crescente irritação" os comentários atribuídos ao Real Madrid.

"Os fatos são: (1) O jogador tem um contrato a ser cumprido e seu registro é do Manchester United. (2) O jogador não está à venda.

"O clube não terá outra alternativa senão reportar o Real Madrid à Fifa se os espanhóis continuarem a se comportar desta maneira totalmente inaceitável (...) Ninguém deve ter dúvidas de que o Manchester United fará tudo o que for possível para manter seus melhores jogadores", concluiu a nota.   Continuação...