Mundial de Clubes da Fifa será nos Emirados Árabes em 2009, 2010

terça-feira, 27 de maio de 2008 10:10 BRT
 

Por Julian Linden

SYDNEY (Reuters) - Os Emirados Árabes Unidos ganharam o direito de sediar o Mundial de Clubes da Fifa em 2009 e 2010, superando as propostas de Japão e Austrália.

O Conselho Executivo da entidade concordou em tirar do Japão o torneio, que reúne os campeões de cada federação continental. O Mundial era realizado em solo japonês desde 2005.

"Queríamos levar o Mundial para outros países. Jogar nos Emirados Árabes será benéfico do ponto de vista do marketing", disse Joseph Blatter, presidente da Fifa, em entrevista coletiva em Sydney.

"E o fato de terem prometido 5 milhões de dólares para o desenvolvimento das divisões de base pesou muito no caso deles", acrescentou o dirigente.

O Japão foi consolado pela perda, já que voltará a ser sede do torneio em 2011 e 2012, enquanto a Austrália, que queria receber o Mundial de Clubes para aumentar suas chances de sediar a Copa do Mundo em 2018, foi negligenciada.

"A Austrália apresentou uma oferta ótima, mas uma das razões pelas quais não podemos considerá-la é a restrição de horário", disse Blatter.

"Mas posso garantir à Austrália que, quando as ofertas para a Copa do Mundo começarem, as distâncias não serão consideradas".

Blatter também deixou a porta aberta para as nações européias tentarem ser sede no futuro. "Apesar da Europa já ser repleta de times, não me oporia que os jogos fossem feitos ali algum dia", disse.   Continuação...

 
<p>Mundial de Clubes da Fifa ser&aacute; nos Emirados &Aacute;rabes em 2009, 2010. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, em entrevista coletiva em Sidney. Os Emirados &Aacute;rabes Unidos ganharam o direito de sediar o Mundial de Clubes da Fifa em 2009 e 2010, superando as propostas de Jap&atilde;o e Austr&aacute;lia. 27 de maio. Photo by Daniel Munoz</p>