Astro do futebol americano é assassinado dentro de casa

terça-feira, 27 de novembro de 2007 13:13 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - Sean Taylor, importante jogador de defesa do Washington Redskins, da Liga de Futebol Americano dos Estados Unidos, morreu nesta terça-feira após levar um tiro durante um aparente assalto em sua casa perto de Miami, informou a imprensa local.

Taylor, de 24 anos, levou o tiro na região da virilha, atingindo sua artéria femoral, na segunda-feira, informaram a polícia e a mídia.

Ele foi levado de transporte aéreo para o hospital em Miami Jackson Memorial, mas morreu como consequência do ferimento após ter perdido muito sangue, disseram as afiliadas da rede CBS News em Washington e Miami, além de outras emissoras.

O advogado de Taylor, Richard Sharpstein, disse ao canal de TV WSVN em Miami que havia recebido uma ligação do pai do jogador, Pete Taylor, delegado no sul da Flórida, informando da notícia por volta de 5h30 da manhã do horário local (8h30 de Brasília).

A polícia de Miami informou que recebeu uma chamada da casa de Taylor em Palmetto Bay, ao sul de Miami, à 1h45 da madrugada, de uma mulher dizendo que Taylor havia levado um tiro.