Sullivan quebra de novo recorde mundial dos 50m livre

sexta-feira, 28 de março de 2008 10:58 BRT
 

SYDNEY (Reuters) - Eamon Sullivan voltou a quebrar o recorde mundial dos 50 metros livre nas seletivas olímpicas da Austrália, nesta sexta-feira, reforçando a posição de franco favorito a conquistar a medalha de ouro dos Jogos de Pequim.

O australiano de 22 anos atravessou a piscina olímpica em Sydney com o tempo de 21s28, para vencer a final da prova e melhorar em 0s13 sua antiga marca, alcançada na semifinal de quinta-feira.

Sullivan quebrou o antigo recorde do russo Alex Popov no mês passado, mas perdeu a marca para o francês Alain Bernard durante o Campeonato Europeu, no fim de semana passado.

Porém, depois de ter ficado muito próximo de superar a marca do francês nos 100m, ele estabeleceu a melhor marca do mundo na metade da distância por dois dias consecutivos.

"É muito engraçado para mim os 50 metros, eu normalmente não consigo me lembrar de nada. É apenas uma mancha e uma explosão de energia, tudo acontece muito rápido."

O novo recorde de Sullivan foi o sétimo estabelecido no mesmo número de dias nas seletivas australianas.

A namorada dele, Stephanie Rice, quebrou as marcas dos 200m e 400m medley, Libby Trickett (ex-Lenton) retomou a marca dos 100m livre e Sophie Edington e Emily Seebohm trocaram marcas nos 50m costas.

Trickett tentará um segundo recorde mundial no sábado, após ter se classificado para a final dos 50m livre com o segundo melhor tempo, atrás da adolescente de 15 anos Cate Campbell.

 
<p>Australiano Eamon Sullivan comemora ap&oacute;s quebrar novamente o recorde mundial dos 50m livre, com o tempo de 21s28, nesta sexta-feira, em Sydney. Photo by Mick Tsikas</p>