Argentina cria sistema digital contra violência nos estádios

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007 11:53 BRST
 

BUENOS AIRES (Reuters) - A Associação de Futebol Argentino (AFA) apresentou na quinta-feira um sistema de padrão digital, com o qual tenta avançar na luta contra a violência nos estádios.

O sistema será testado no próximo torneio Clausura em 2008, num estádio ainda a ser escolhido, e, de acordo com os resultados, entrará em vigor a partir de 2009.

A idéia do projeto é tirar dos estádios os torcedores violentos, apesar de o presidente da AFA, Julio Grondona, ter dito que os problemas no futebol têm uma raiz social.

"A violência não é um problema do futebol, e sim da sociedade. Esta iniciativa é para que as famílias voltem aos estádios", declarou Grondona.

"Nem as câmeras, nem os ingressos magnéticos, nem os caros operativos de segurança que pagamos, funcionaram. Nada foi suficiente", acrescentou Grondona, justificando a aplicação do novo sistema.

Os responsáveis pelo desenvolvimento do sistema explicaram que o plano compreende o registro total de quem for a uma partida de futebol --incluindo sua fotografia--, a eliminação dos ingressos, e novos sistemas de entrada, com controle das impressões digitais.

Todos os dados ficarão registrados na secretaria de segurança esportiva.

A violência nos campos de futebol da Argentina levou a AFA e as entidades de segurança esportiva a proibir, desde o ano passado, a presença de público visitante em jogos de todas as categorias de acesso, e a limitá-lo nos de primeira divisão.

(Texto de Luis Ampuero)