Australianos terão permissão para deixar Jogos por poluição

segunda-feira, 28 de julho de 2008 17:48 BRT
 

BRISBANE (Reuters) - Atletas australianos terão permissão para se retirar dos Jogos Olímpicos de Pequim se a poluição for uma ameaça para sua saúde e segurança, disse o Comitê Olímpico Australiano (AOC) na segunda-feira.

O vice-presidente do AOC Peter Montgomery disse que os atletas têm a liberdade de deixar eventos dos Jogos caso os níveis de poluição continuarem altos, mas ele duvida que alguém se retire.

"Para nós, a atitude do atleta para o evento é superior", disse Montgomery a jornalistas.

"Se eles não quiserem competir, tudo bem. Eles não terão pressão alguma para competir caso se sintam incomodados ou não queiram competir."

"Será extremamente improvável se um atleta não quiser competir. A maioria dos atletas está treinando há 10 anos para este momento."

Na Holanda, o técnico da seleção olímpica de futebol, Foppe De Haan, também criticou a poluição nesta segunda-feira. Ele afirmou que os atletas em Pequim enfrentarão mais problemas mentais do que físicos para lidar com a poluição atmosférica.

De Haan disse em uma coletiva de imprensa que seus jogadores haviam feito um rigoroso programa de treinamento para adquirirem a melhor forma física para o calor e a umidade de Pequim.

Entretanto, ele disse que nada poderia preparar seus atletas para o desafio psicológico de jogar de baixo de uma grossa faixa cinza de poluição.

"Isto não é um problema físico, é algo mental", disse. "Eu ouvi dizer que você não consegue enxergar o estádio de Pequim, a 500 metros de distância. Isso é horrível, eu acho. Mas não há por que reclamar, é o mesmo para todo mundo."

Os Jogos Olímpicos de Pequim começam no dia 8 de agosto.

(Reportagem de Andrew Stevens)