Técnico do Barcelona diz que Ronaldinho aceita a reserva

quarta-feira, 28 de novembro de 2007 11:47 BRST
 

MADRI (Reuters) - O técnico do Barcelona, Frank Rijkkard, minimizou o fato de ter deixado Ronaldinho Gaúcho no banco de reservas na maior parte do jogo contra o Olympique de Lyon, na terça-feira, que classificou o time para as oitavas-de-final da Liga dos Campeões.

Gols de Andrés Iniesta e Lionel Messi deram ao Barcelona o empate por 2 x 2 fora de casa. Ronaldinho só entrou nos últimos 20 minutos de partida.

O meia brasileiro tem recebido muitas críticas por seu início de temporada abaixo das expectativas. Ronaldinho foi identificado pela imprensa espanhola como a "ovelha negra" a que Edmilson se referiu ao criticar seus companheiros na semana passada, reclamando da falta de compromisso.

Ele foi cortado do time que disputou a partida de sábado do Campeonato Espanhol contra o Recreativo Huelva horas antes do início do jogo, reclamando de cansaço.

"Temos um grande elenco, sem 11 titulares fixos. Todos os jogadores aceitam que eles podem ser reservas e aceitam isso bem", afirmou Rijkaard.

"No intervalo, eu perguntei se ele poderia entrar e ele disse que estava muito animado e motivado."

O Barcelona garantiu a primeira posição do Grupo E após o empate na França. Os espanhóis têm quatro pontos de vantagem para o segundo colocado Rangers, e encerram sua participação na primeira fase em casa contra o Stuttgart, em dezembro.

(Por Mark Elkington)