Nadal garante que lesão no pé não vai atrapalhar sua carreira

quarta-feira, 28 de novembro de 2007 14:41 BRST
 

MADRI (Reuters) - O tenista número dois do mundo, Rafael Nadal, negou nesta quarta-feira a afirmação de seu treinador e tio, Toni Nadal, de que teria uma grave lesão no pé que poderia ameaçar sua carreira.

"Esta contusão não me impediu de competir no alto nível por mais de dois anos. A história que surgiu é totalmente falsa", disse Nadal, ao lado de Toni, para um canal de televisão estatal da Espanha.

Em entrevista publicada pelo jornal Diario de Mallorca desta quarta, Toni Nadal disse que a lesão sofrida em 2005 pelo tenista era um problema sério que poderia afetá-lo pelo restante da carreira.

"Ele tem sofrido com uma contusão no pé desde 2005. Ele tem que aprender a conviver com isso, e por enquanto ele tem conseguido há dois anos", disse o treinador.

Quando perguntado qual seria a gravidade da contusão, ele disse: "Prefiro não responder. É muito sério. Eu não sei (se a carreira dele está ameaçada). Vou deixar o médico responder sobre isso. Ele precisa tomar várias precauções quando joga."

O assessor de imprensa de Nadal, Benito Perez-Barbadillo, disse à Reuters: "A carreira de Rafael não está em perigo. Você pode ver isso pelo fato de que ele acabou de viver seu melhor ano."

O estilo de Rafael Nadal é construído em sua capacidade atlética e força dentro da quadra, mas Toni Nadal disse que vem trabalhando para modificar o jogo de seu pupilo.

"Estamos contentes que essa temporada já acabou, com a lesão e todas as outras coisas. Seu jogo melhorou e as partidas têm sido muito menos intensas", disse ele.

"Roger Federer é um jogador completo. Rafael tem um estilo diferente. O fator-chave tem sido reduzir a duração dos jogos, e nós temos conseguido isso."

O espanhol de 21 anos conquistou seis títulos em 2007, incluindo o tricampeonato de Roland Garros.

(Por Mark Elkington)