Riquelme fez bem em não perdoar dívida, diz Maradona

quinta-feira, 29 de novembro de 2007 15:43 BRST
 

BUENOS AIRES (Reuters) - Juan Román Riquelme fez bem em não abrir mão de nenhum centavo na negociação que o levará de volta ao Boca Juniors, desse nesta quinta-feira o ex-jogador argentino Diego Maradona.

O meio-campista, que estava afastado desde o ano passado no Villarreal mas brilhou ao defender a seleção argentina nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, seria apresentado nesta quinta-feira como jogador do Boca em uma operação avaliada em 15 milhões de dólares.

"Acho muito bom que Riquelme não tenha perdoado nada a ninguém, nem ao Villarreal, nem ao Boca nem a ninguém. Usaram Román, o insultaram, o mandaram voltar para casa", disse Maradona após visitar o plantel do Boca, que na quarta-feira ficou fora da disputa pelo título argentino.

Riquelme chegou na quinta-feira pela manhã à Argentina e disse no aeroporto a jornalistas que espera "que tudo se solucione no dia de hoje".

De acordo com a imprensa argentina, o contrato que ele assinará com o Boca será até 2010 e o dinheiro da transferência inclui o pagamento de uma dívida pendente do Villarreal com o jogador.

Apesar de a transferência estar próxima de ser fechada, Riquelme não está habilitado a defender o Boca no Mundial de clubes da Fifa, que acontece em dezembro, no Japão.

(Reportagem de César Illiano)