Totti se coloca à disposição da Itália para Eurocopa

quinta-feira, 29 de novembro de 2007 14:54 BRST
 

ROMA (Reuters) - O atacante da Roma Francesco Totti disse que pode abandonar a aposentadoria da seleção para defender a Itália na Eurocopa de 2008 se o técnico Roberto Donadoni precisar dele.

"Se precisarem de mim devido a algumas lesões ou emergência, (eu estaria disponível)", disse o capitão da Roma à revista GQ da Itália.

Totti anunciou que tiraria férias da seleção após a conquista da Copa do Mundo da Alemanha, no ano passado, mas depois acrescentou que estava se aposentando definitivamente da equipe.

Na entrevista, ele disse ainda que não quer roubar a vaga de nenhum dos atuais jogadores da equipe e acrescentou que apenas desejava ser considerado como uma opção em caso de emergência.

"É certo que os 22-24 jogadores que conseguiram a classificação vão para a Eurocopa. Seu eu tirasse o lugar de alguém, não seria certo", afirmou.

Ele citou o exemplo de Zinedine Zidane, que desistiu da aposentadoria da seleção francesa para ajudar o país a se classificar para o Mundial de 2006. Zidane ainda jogou a Copa e conduziu a França na caminhada até a final.

Totti, de 31 anos, que tem 58 partidas pela seleção italiana, havia se recusado a desistir da aposentadoria ainda na semana passada.

Sua proposta de retorno, entretanto, não deve motivar o técnico Donadoni, que várias vezes ficou irritado por ter que responder a perguntas sobre um jogador que não queria jogar pela Itália.

(Por Paul Virgo)