Aberto da Austrália toma medidas para combater suborno

quarta-feira, 31 de outubro de 2007 10:40 BRST
 

BRISBANE (Reuters) - Os organizadores do Aberto da Austrália, primeiro torneio anual do Grand Slam de tênis, contrataram uma empresa de consultoria em segurança para tentar impedir o suborno a jogadores.

O presidente da Tennis Australia, Steve Wood, disse nesta quarta-feira que a entidade também havia formado um grupo de trabalho para garantir a integridade dos jogadores no torneio, que será disputado em janeiro.

"Essas medidas foram tomadas para que a gente possa garantir a integridade dos tenistas e combater as apostas ilegais especificamente", disse Wood.

Ele acrescentou que a empresa de segurança ficaria atenta a "possíveis vulnerabilidades".

O grupo de trabalho terá cooperação da polícia e vai examinar casos de subornos para favorecer apostadores. Ao final, será feito um relatório.

"Quero destacar que nós continuamos trabalhando juntamente com as entidades governamentais do tênis internacional para coordenar uma medida coletiva que proteja a integridade do nosso esporte", disse Wood.

"Apesar de nunca termos tido um caso de jogo com resultado arranjado na Austrália, nós estamos levando a situação muito seriamente, já que esse é um assunto crescente que preocupa a administração do tênis em todo o mundo."

(Por Andrew Dent)