México demite o técnico Hugo Sánchez após 16 meses

segunda-feira, 31 de março de 2008 19:49 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A Federação Mexicana de Futebol (FMF) demitiu na segunda-feira o técnico Hugo Sánchez após alguns fracassos, entre eles a eliminação no torneio classificatório para os Jogos Olímpicos de Pequim.

Como substituto interino de Sánchez, assumirá o mexicano Jesús Ramírez, que comandará o time nos amistosos já agendados, como o do dia 16 de abril contra a China.

Sánchez, ex-atacante do Real Madrid, foi contratado em novembro de 2006 e dirigiu a equipe em 23 jogos internacionais, conseguindo 12 vitórias, 3 empates e 8 derrotas.

A seleção mexicana fez uma boa Copa América, tendo alcançado vitórias sobre Brasil (2 x 0) e Paraguai (6 x O) até ser eliminada na semifinal contra a Argentina.

Porém, na competição pré-olímpica da Concacaf, o México foi eliminado na primeira fase ao ficar em terceiro, atrás de Canadá e Guatemala.

O time mexicano também foi criticado por sua atuação na Copa Ouro, no ano passado, quando perdeu a final para os Estados Unidos por 2 x 1.

(Reportagem de Carlos Calvo)