Justiça investiga Capello por suspeita de sonegar informação

segunda-feira, 31 de março de 2008 16:06 BRT
 

ROMA (Reuters) - O técnico da seleção inglesa, Fabio Capello, está sendo investigado por um promotor italiano por suspeita de sonegar informações a um tribunal, disse uma fonte judicial nesta segunda-feira.

O promotor vai investigar Capello e o ex-diretor da Juventus Antonio Giraudo após eles terem testemunhado em um julgamento de seis homens acusados de provocar competição injusta através de ameaças ou até mesmo violência, disse a fonte.

Segundo a lei italiana, uma pessoa considerada culpada de sonegar informação a um tribunal pode ser presa por até seis anos.

Em Londres, um porta-voz da Associação de Futebol da Inglaterra (FA) afirmou: "Essa é uma questão privada e a FA não tem nenhum comentário a fazer."

Como testemunha, Capello disse a um tribunal em Roma que nunca havia negociado contrato de jogadores na Itália e nunca ouviu falar de jogadores sendo colocados sob pressão para assinar contratos específicos.

Capello negou qualquer ligação com os seis acusados e disse que nunca colocou nenhum jogador sob pressão durante seu período como técnico de Juventus e Roma.

Não se sabe qual parte do depoimento do treinador está sendo questionada pelo promotor.

O treinador de 61 anos, que foi nomeado técnico da seleção inglesa em dezembro, também está sendo investigado por suspeita de fraude fiscal em Turim.

Ele afirmou que suas finanças estão em ordem e que não há nenhuma questão para se preocupar.