31 de Maio de 2008 / às 16:05 / em 9 anos

Sharapova e David Ferrer vencem em Roland Garros

<p>Maria Sharapova comemora ponto durante partida contra Karin Knap em Paris, 31 de maio de Photo by Francois Lenoir</p>

Por Miles Evans

PARIS (Reuters) - Maria Sharapova liderou o trio de tenistas russas que chegou às oitavas-de-final do Aberto da França neste sábado, enquanto David Ferrer, quinto cabeça-de-chave, venceu um jogo duríssimo contra o australiano Lleyton Hewitt.

Sharapova, que não convenceu nas suas duas primeiras partidas esta semana, parecia que iria repetir as más atuações ao levar 1 hora e 20 minutos para vencer o primeiro set no tie-break contra a italiana Karin Knapp. Mas a tenista italiana não conseguiu repetir o feito de sua compatriota Flavia Pennetta, que venceu Venus Williams na sexta-feira, e perdeu o jogo por 7/6 e 6/0 na quadra Philippe Chatrier.

"Eu meio que esqueci como era vencer a partida em dois sets", afirmou Sharapova, semi-finalista no torneio do ano passado.

"Eu simplesmente tenho que ir lá e tentar melhorar, e tentar fazer melhor, e na hora do vamos ver você espera ser quem vai seguir adiante."

Dinara Safina, a próxima adversária de Sharapova, seguiu adiante na partida contra a chinesa Zheng Jie, ao vencê-la por 6/2 e 7/5.

PÁLIDA IMITAÇÃO

A terceira russa, Svetlana Kuznetsova, vice-campeã em 2006, passou por cima da tenista Nadia Petrova, cabeça-de-chave número 25 que parecia uma pálida imitação da jogadora que alcançou a semifinal de Roland Garros por duas vezes.

Petrova, semifinalista em 2003 e 2005, e ex-número 3 do mundo, abriu a partida com uma dupla falta e as coisas não melhoram muito para a tenista de 25 anos, que acabou perdendo o jogo por 6/2 e 6/1, em apenas uma hora e nove minutos.

"Definitivamente acho que tenho chances. Por que não?", afirmou Kuznetsova, ex-campeã do Aberto dos Estados Unidos, após a partida. "Penso que não são muitas as tenistas que tem uma boa pegada para vencer aqui, e eu espero que uma delas seja eu."

A quarta cabeça-de-chave enfrentará agora a adolescente bielorussa Victoria Azarenka, que continua avançando discretamente no torneio. Azarenka, que não havia vencido um jogo sequer em duas participações no torneio, perdeu apenas seis games para chegar à quarta rodada da competição deste ano com uma vitória por 6/1 e 6/1 sobre a italiana Francesca Schiavone.

Jelena Jankovic, terceira cabeça-de-chave, precisou de três games para completar a vitória contra a eslovaca Dominika Cibulkova, partida interrompida na noite de sexta-feira. Com 7/5 e 6/3, ela agora enfrentará a polonesa Agnieszka Radwanska.

LUTA COM HEWITT

Ferrer alcançou as oitavas-de-final pela segunda vez depois de lutar por três horas e 35 minutos com o ex-campeão do mundo Lleyton Hewitt. O tenaz australiano está fora de forma e ainda se recuperando de uma contusão no quadril. Mas ele deu muito trabalho a Ferrer em boa parte do jogo antes de sucumbir com o resultado de 6/2, 3/6, 3/6, 6/3 e 6/4 na quadra Suzanne Lenglen.

Robby Ginepri estava ocupado desfazendo a idéia de que as chances de haver um campeão americano se foram com a eliminação das irmãs Williams na sexta-feira. Ginepri, número 88 do mundo, se tornou o primeiro tenista dos Estados Unidos a chegar às oitavas-de-final de Roland Garros desde Andre Agassi em 2003, ao vencer o francês Florent Serra por triplo 6/4.

O chileno Fernando Gonzalez, cabeça-de-chave número 24, virou o jogo para vencer o suíço Stanislas Wawrinka, finalista em Roma, por 5/7, 2/6, 6/4, 6/4 e 6/4.

O suíço número 1 do mundo, Roger Federer, enfrenta o croata Mario Ancic por um lugar entre os semifinalistas ainda neste sábado.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below