Hamilton conta com a chuva em GP noturno de Cingapura

quarta-feira, 24 de setembro de 2008 11:04 BRT
 

Por Ossian Shine

CINGAPURA (Reuters) - Depois de ver seu apelo rejeitado pela corte da Federação Internacional de Automobilismo, o líder do campeonato de Fórmula 1, Lewis Hamilton, vai olhar esperançoso para o céu neste fim de semana torcendo para se livrar de Felipe Massa no Grande Prêmio de Cingapura.

O recurso do piloto da McLaren pedindo que ele fosse declarado vencedor do GP da Bélgica foi rejeitado em Paris, na terça-feira. Hamilton caiu para a terceira colocação na corrida do dia 7 de setembro por cortar caminho por cima de uma chicane.

Como resultado, o britânico larga na primeira prova noturna da categoria, no domingo, com 78 pontos no Mundial, enquanto Massa, da Ferrari, soma 77.

O inédito circuito de rua trará uma série de desafios aos pilotos, mas o clima tropical de Cingapura pode ser decisivo, mais do que a iluminação artificial ou alterações no sono, e deve favorecer o piloto da McLaren.

Desde domingo tem chovido forte à noite e os meteorologistas locais prevêem cinqüenta por cento de chances de chuva no próximo final de semana.

Hamilton triunfou em meio à chuva e ao caos no circuito de rua de Mônaco e é tido como um grande talento em pista molhada. Certamente uma prova nessas condições em Cingapura parece lhe servir mais do que a seus rivais mais próximos.

TRANQUILO E CONFIANTE

O piloto de 23 anos estava relaxado e confiante ao chegar à cidade do sul asiático na noite da terça-feira, brincando e rindo com os torcedores em uma festa de recepção exclusiva.   Continuação...

 
<p>Vista a&eacute;rea de parte iluminada do novo circuito de rua da F&oacute;rmula 1 em Cingapura. REUTERS/Tim Chong</p>