Seleção do Catar rompe contrato com treinador uruguaio

quarta-feira, 24 de setembro de 2008 12:05 BRT
 

DOHA (Reuters) - A seleção de futebol do Catar, que lidera seu grupo nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, decidiu encerrar o contrato do técnico uruguaio Jorge Fossati.

As autoridades de futebol do país decidiram que a recuperação de Fossati, que passou recentemente por uma cirurgia no estômago, demorará tempo demais e é necessário encontrar um novo treinador.

Um alto funcionário da federação local disse que o francês Bruno Metsu, que largou a direção técnica da seleção dos Emirados Árabes Unidos, era o favorito para substituir Fossati.

"O contrato foi encerrado. Ele fez uma operação no estômago e demorará mais de um mês para se recuperar", disse o funcionário à Reuters, por telefone.

"Estamos interessados em Metsu, ele conhece o Catar. Mas também estamos vendo treinadores locais", acrescentou.

O Catar lidera o Grupo 1 das eliminatórias, com uma vitória e um empate.

No entanto, o pequeno país petrolífero pode ser desclassificado e substituído pelo Iraque, caso a Corte de Arbitragem do Esporte reverta a decisão da Fifa de não punir o Catar pela escalação irregular de um jogador.

(Por Martin Petty)