Alonso vê sonho de pole se apagar em Cingapura

sábado, 27 de setembro de 2008 17:13 BRT
 

Por John O'Brien

CINGAPURA (Reuters) - As esperanças de Fernando Alonso de conquistar a pole position para o GP de Cingapura foram por água abaixo quando um problema de abastecimento deixou o bicampeão mundial numa posição não muito boa para a corrida noturna de domingo.

O espanhol da Renault havia feito o tempo mais rápido no segundo treino livre da sexta-feira e repetiu o resultado na última sessão antes do treino classificatório deste sábado para a primeira prova da Fórmula 1 disputada à noite.

Entretanto, o domínio de Alonso sobre o difícil circuito de rua de 5,067 quilômetros foi interrompido pelo problema no início da segunda sessão de classificação, forçando o piloto, visivelmente com raiva, a abandonar seu carro na curva 18.

"Realmente é uma grande decepção porque tivemos uma chance real de fazer algo especial hoje, talvez não a pole, mas pelo menos classificar entre os quatro primeiros", disse Alonso, que irá largar da 15 posição no grid, logo à frente do companheiro de equipe Nelsinho Piquet.

"Nosso final de semana estava indo muito bem e tínhamos grandes esperanças para a noite."

Os pilotos acreditam que as ultrapassagens no circuito de Marina Bay serão quase impossíveis, algo do qual Alonso estava bem ciente. Sua posição de classificação baixa ajudou em seu desapontamento.

"Começar no meio do grid fará a corrida difícil", disse o piloto de 27 anos.

"Nós precisamos de um milagre na estratégia para que possamos progredir neste circuito de rua", acrescentou.   Continuação...

 
<p>Piloto da Renault Fernando Alonso caminha no circuito do GP de Cingapura ap&oacute;s falha em seu carro no treino classificat&oacute;rio deste s&aacute;bado REUTERS/Eugene Hoshiko/Pool</p>