Bruno Senna vê boas chances de estrear na F1 em 2009

terça-feira, 30 de setembro de 2008 19:04 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O piloto brasileiro Bruno Senna disse na terça-feira que tem boas chances de seguir os passos de seu tio, o tricampeão Ayrton Senna, e chegar à Fórmula 1 no ano que vem.

Aos 24 anos, vice-campeão da GP2, categoria que é o "vestibular" da F1, ele disse estar conversando com várias equipes. "Obviamente tive uma grande temporada na GP2, foi uma temporada com altos e baixos, mas o suficiente para terminar em segundo, e acho que isso me deu boas possibilidades de ir para a Fórmula 1 no ano que vem", disse Senna a jornalistas num evento da Mercedes em Nuerburgring, na Alemanha.

"Estamos conversando com algumas equipes e há um grande interesse por parte de algumas. Então há algumas oportunidades como piloto, algumas como piloto de testes , mas há muita competição, e preciso estar à frente da competição agora nas negociações e ver se consigo virar piloto de corrida ."

A Toro Rosso, que usa motor Ferrari e venceu o GP da Itália neste mês, tem uma vaga em aberto (com a ida do alemão Sebastian Vettel para a matriz Red Bull) e outra pendente (a do francês Sebastien Bourdais).

Um dos sócios da equipe é o ex-piloto Gerhard Berger, amigo da família e colega de Senna na McLaren no começo da década de 1990.

"A Toro Rosso é uma das possibilidades na Fórmula 1, não a única, mas pode fazer toda a diferença, e com certeza ele

ainda me dá ótimos conselhos e sempre me ajudou", disse Senna.

A Renault, a Honda e a BMW também devem mexer nos seus pilotos para 2009, mas as vagas mais prováveis seriam como piloto de testes.

(Reportagem de Alan Baldwin)