Próximo vencedor da F2 terá direito a teste na Williams

sexta-feira, 3 de outubro de 2008 20:28 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O vencedor da recém-criada Fórmula 2 em 2009 terá garantido um teste na equipe Williams de Fórmula 1, disse o organizador da categoria, Jonathan Palmer, na sexta-feira.

"Em parceria com a Williams F1, estamos estabelecendo uma fórmula que leva diretamente à Fórmula 1, com um carro novo e extraordinário, de alto rendimento, mas por uma fração do custo das alternativas", disse ele em nota.

Palmer disse esperar que a categoria "produza a maior parte das futuras melhores estrelas da F1 nos próximos anos".

A categoria, com apoio da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), terá carros com motor Audi de 400 cavalos, projetados pela Williams sob a supervisão de Patrick Head, sócio da equipe.

Haverá 20 vagas no grid, ao custo de 195 mil libras (344,7 mil dólares) mais impostos por piloto a cada temporada. Todos os carros são preparados e mantidos pela MotorSport Vision, que pertence a Palmer, ao invés de serem propriedade de equipes.

O campeonato ocorrerá em oito circuitos europeus, de 31 de maio a 4 de outubro de 2009. A maior parte das provas ocorrerá junto com o mundial da FIA para carros tipo turismo.

A GP2, que diz ser o maior celeiro de pilotos da F1 - foi a origem de um quarto dos pilotos no atual grid -, continuará sendo realizada, com corridas nos fins de semana da Fórmula 1.

Os organizadores dessa categoria, criada pelo chefão da F1 Bernie Ecclestone e pelo diretor da Renault Flavio Briatore, anunciou na sexta-feira o lançamento, a partir de 2010, da GP3, categoria de acesso à GP2.

(Reportagem de Alan Baldwin)