Roma e Juventus perdem após expulsões

domingo, 5 de outubro de 2008 18:02 BRT
 

Por Mark Meadows

MILÃO (Reuters) - Com nove homens em campo, a Roma sofreu sua terceira derrota no Campeonato Italiano, neste domingo, ao perder para o Siena por 1 x 0, e a Juventus também caiu, em casa, perdendo por 2 x 1 do Palermo.

A Roma, vice-campeã na temporada passada, sofreu o gol de Mario Frick no final do primeiro tempo e perdeu os zagueiros Philippe Mexes e Christian Panucci na segunda etapa.

A Roma foi humilhada pelo Siena na temporada passada, perdendo a partida por 3 x 0. Desta vez foram parados pelo seu ex-goleiro, Gianluca Curci.

Levan Mchedlidze fez o gol da vitória do Palermo sobre a Juventus aos 36 minutos do segundo tempo. Mohamed Sissoko, da Juventus, foi expulso no primeiro tempo. A Juventus não vence há quatro jogos, em todas as competições das quais participa, tendo empatado as últimas três.

O ex-atacante da Juventus, Fabrizio Miccoli, colocou o time siciliano na frente aos 24 minutos da primeira etapa e, apesar do gol de empate de Alessandro Del Piero, em cobrança de falta, a Juventus voltou à defensiva quando Sissoko foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo após uma falta grave.

A defesa então não conseguiu parar o atacante georgiano Mchedlidze, que marcou o gol da vitória que deixa o Palermo com 12 pontos, mantendo a Juventus com apenas nove.

"Com certeza uma derrota em casa dói. Depois de três empate, queríamos a vitória, mas os jogadores fizeram tudo possível", afirmou o técnico Claudio Ranieri à Sky TV.

"É uma fase difícil, não tem como negar. Não quero dar desculpas, mas jogar com 10 homens é difícil."   Continuação...