Lesionados, Buffon e Camoranesi estão fora da seleção italiana

terça-feira, 7 de outubro de 2008 12:13 BRT
 

MILÃO (Reuters) - O goleiro italiano Gianluigi Buffon e o meia Mauro Camoranesi ficarão de fora das partidas das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010 deste mês, contra Bulgária e Montenegro, devido a lesões.

O técnico da seleção italiana, Marcello Lippi, disse a repórteres, nesta terça-feira, que Buffon será substituído pelo goleiro Gianluca Curci e ninguém mais será convocado para a vaga de Camoranesi.

"Estamos em um período no qual temos muitas lesões. Acontece", disse Lippi. O lugar de Buffon na equipe titular deve ir para Marco Amelia, do Palermo.

Os atuais campeões do mundo já estão sem alguns de seus melhores jogadores, como Andrea Pirlo e Marco Materazzi. No sábado, o time enfrenta a Bulgária, em Sofia, pelo Grupo 8, antes de jogar em casa contra Montenegro, em Lecce, no dia 15 de outubro.

Buffon ficará fora dos campos por cerca de um mês, devido a um rompimento no músculo de sua perna direita. Provavelmente, também perderá a partida da Juventus contra o Real Madrid, na Liga dos Campeões, no Grupo H, que acontece no dia 21 de outubro.

Seu colega no Juventus Camoranesi também está lesionado na perna direita. Enrico Castellacci, o médico da equipe italiana, acredita que ele ficará fora dos campos por 15 a 20 dias.

Lippi, cujo time teve um pouco de sorte nas vitórias contra o Chipre e a Geórgia, na abertura das eliminatórias, em setembro, também está sem Fabio Grosso, defensor do Lyon, e os jogadores do Juventus Nicola Legrottaglie e Vincenzo Iaquinta, todos lesionados.

No domingo, ele convocou quatro jogadores extras -- Giuseppe Rossi, Simone Pepe, Christian Maggio e Fabiano Santacroce -- mas deixou o atacante da Juve Alessandro Del Piero de fora.

(Por Mark Meadows)

 
<p>Goleiro italiano Gianluigi Buffon sentado em treino na Eurocopa 2008. Buffon e o meia Mauro Camoranesi ficar&atilde;o de fora das partidas das eliminat&oacute;rias para a Copa do Mundo de 2010 contra Bulg&aacute;ria e Montenegro, devido a les&otilde;es. Imagem de arquivo. 21 de junho de 2008.REUTERS/Tony Gentile</p>