ENTREVISTA-Bruno Senna aposta em Toro Rosso e Honda para 2009

terça-feira, 7 de outubro de 2008 17:38 BRT
 

Por Camila Moreira

SÃO PAULO (Reuters) - Bruno Senna está determinado a entrar na Fórmula 1 diretamente como piloto oficial e admite que a Toro Rosso e a Honda são suas "opções mais reais" para a temporada de 2009.

O sobrinho do tricampeão mundial Ayrton Senna admitiu que suas chances de estar na Fórmula 1 no ano que vem são boas, seja como piloto oficial ou de testes.

"Estou fazendo de tudo para convencer que sou a melhor opção para eles. As possibilidades são boas e a competição que estou enfrentando em alguns casos não é tão grande assim", disse ele em entrevista à Reuters.

"Como piloto oficial são essas as duas opções mais reais (Toro Rosso e Honda), mas existem as opções para pilotos de testes também e tem que ver que tipo de contrato eles querem assinar", completou ele, explicando que as opções para ser piloto de testes vão além dessas duas equipes. Se isso acontecer, ele deve disputar a GP2, categoria de acesso, por mais um ano, provavelmente com a mesma equipe com a qual foi vice em 2008, a iSport.

Na Toro Rosso ele conta com uma mãozinha do co-proprietário Gerhard Berger, amigo da família e companheiro de Ayrton Senna na McLaren na década de 1990, que age como uma espécie de conselheiro para Bruno.

"Berger tem obviamente o ponto de vista dele, porque a gente está negociando com ele para a Toro Rosso no ano que vem se for o caso. Ele age como um conselheiro, mas nesse momento ele tem um pouco mais do interesse dele na história", contou.

Bruno admite a falta de experiência -- começou a correr competitivamente apenas no segundo semestre de 2004 -- mas acredita que um período como piloto de testes não lhe fará falta.

"Hoje em dia o piloto de testes não faz quase nada infelizmente, quem faz todos os testes são os oficiais, então passar um tempo como piloto de testes às vezes não tem valor nenhum", disse ele, afirmando que os testes de inverno e a pré-temporada lhe garantiriam milhagem suficiente no caso de garantir uma vaga.   Continuação...

 
<p>Bruno Senna fala com jornalistas em Interlagos. Bruno Senna est&aacute; determinado a entrar na F&oacute;rmula 1 diretamente como piloto oficial e admite que a Toro Rosso e a Honda s&atilde;o suas "op&ccedil;&otilde;es mais reais" para a temporada de 2009. Foto do Arquivo.REUTERS/Sergio Moraes (BRAZIL) (Newscom TagID: rtrphotos2705720) [Photo via Newscom]</p>