Hamilton prepara "dança da chuva" para corrida em Fuji

sexta-feira, 10 de outubro de 2008 09:56 BRT
 

Por Alastair Himmer

FUJI, Japão (Reuters) - O piloto britânico Lewis Hamilton está rezando para que chova no Grande Prêmio do Japão, no domingo, e que isso lhe ajude a consolidar a liderança do Mundial de Fórmula 1.

"Provavelmente vou fazer a dança da chuva", brincou o piloto da McLaren, depois de marcar o terceiro melhor tempo nos treinos livres de sexta-feira. "É uma ótima pista no molhado. Talvez se chover tenhamos uma maior disparidade, se não acho que será muito equilibrado."

No ano passado, sob forte chuva, Hamilton venceu em Fuji. Desta vez, ele chega à antepenúltima prova da temporada com 7 pontos à frente do rival Felipe Massa, da Ferrari.

Há previsão de chuva para o treino de sábado, mas de tempo bom na hora da corrida.

Hamilton é notavelmente mais seguro em pista molhada do que Massa, que precisará contar com a sorte (e possivelmente com a ajuda do colega de equipe Kimi Raikkonen) para evitar que o britânico se torne, aos 23 anos, o mais jovem campeão mundial de todos os tempos.

No ano passado, Hamilton saiu do Japão com 17 pontos de vantagem sobre Raikkonen, mas acabou perdendo o título por um ponto na corrida final, no Brasil. Talvez por isso, ele modere no otimismo.

"A Ferrari é provavelmente um pouco mais rápida na reta", disse Hamilton, que há duas semanas conseguiu o terceiro lugar no GP noturno de Cingapura, onde Massa não pontuou por causa de um erro da equipe no reabastecimento.

"Acho que estamos muito perto deles, mas é dia de treino, então realmente não dá para saber o que está acontecendo. Quando chegar na qualificação será outra história. Vamos lutar para chegar mais perto. sem dúvida vai arrumar alguma coisa e ficará mais rápida do que agora."

No ano passado, o GP de Fuji teve muitas colisões, pois os pilotos diziam que a visibilidade era ruim por causa da chuva. Desta vez, Hamilton ficou feliz em percorrer os 4.563 metros da pista em condições secas.

"Foi bom para realmente testar o carro e levá-lo ao limite. É um circuito bem curto, mas ainda assim um desafio. Demos alguns bons passos à frente hoje. Mostramos que estamos confortáveis. O carro é competitivo aqui, e sempre é um bom sinal que possamos disputar a vitória neste fim de semana."

 
<p>Piloto da McLaren Lewis Hamilton bebe &aacute;gua durante treino livre para corrida de domingo em Fuji, no Jap&atilde;o. REUTERS/Kim Kyung-Hoon</p>