Brasil e Venezuela chegam pressionados para jogo

sábado, 11 de outubro de 2008 17:46 BRT
 

SAN CRISTÓBAL, Venezuela (Reuters) - A seleção da Venezuela receberá o Brasil no domingo para o jogo da nona rodada da eliminatória sul-americana da Copa do Mundo, confronto para o qual as duas equipes chegam pressionadas pela situação atual que enfrentam na competição.

Os venezuelanos vêm de derrota em seus últimos compromissos diante do Peru (1 x 0) e Paraguai (2 x 0), ambos como visitante e estão na oitava colocação na tabela, com apenas sete pontos.

O Brasil foi ao Chile e derrotou a seleção local por 3 x 0, mas empatou em casa com a Bolívia por 0 x 0 e está em segundo lugar atrás do Paraguai, que lidera com 13 pontos.

No entanto, o jogo pobre da seleção brasileira despertou a crítica de toda a imprensa especializada do país e de seus torcedores. O técnico Dunga não tem conseguido tirar maior proveito de sua constelação de estrelas, já que a maioria joga em clubes europeus.

Para Dunga, o regresso de Kaká, jogador do Milan, ao time titular será a tábua de salvação do setor criativo do time diante de um rival que não respeitou a tradição brasileira no último jogo entre as duas equipes. A Venezuela ganhou do Brasil em junho por 2 x 0, numa partida amistosa realizada em Boston, nos Estados Unidos.

O Brasil chegou na véspera à cidade de Maracaibo para dormir na capital do Estado petrolífero de Zulia. Neste sábado, a equipe viaja a San Cristóbal, cenário da partida, para realizar o reconhecimento do gramado do estádio Pueblo Nuevo.

O técnico do Brasil apostará no meio-de-campo na formação com Elano, Josué e Gilberto Silva, os dois últimos com a responsabilidade de recuperar a bola, cumprindo um trabalho similar ao realizado na última Copa América.

Para formar o ataque, Dunga apostará em Robinho como companheiro de Adriano, que foi convocado após a contusão de Luis Fabiano, o goleador do time.

DUAS MUDANÇAS LOCAIS   Continuação...

 
<p>O t&eacute;cnico do Brasil Dunga (centro) durante treino em San Cristobal, dia 11 de outubro. A sele&ccedil;&atilde;o da Venezuela receber&aacute; o Brasil no domingo para o jogo da nona rodada da eliminat&oacute;ria sul-americana da Copa do Mundo, confronto para o qual as duas equipes chegam pressionadas pela situa&ccedil;&atilde;o atual que enfrentam na competi&ccedil;&atilde;o. REUTERS./Jorge Silva (VENEZUELA)</p>