11 de Outubro de 2008 / às 21:48 / 9 anos atrás

Suécia e Portugal empatam em zero pela eliminatória da Copa

<p>Johan Elmander desperdi&ccedil;ou tr&ecirc;s reais chances de gol no primeiro tempo de partida e a Su&eacute;cia acabou ficando no 0 x 0 com Portugal, neste s&aacute;bado, em partida v&aacute;lida pela eliminat&oacute;ria europ&eacute;ia para a Copa do Mundo de 2010. REUTERS/Bob Strong (SWEDEN)</p>

Por Oliver Grassman

ESTOCOLMO (Reuters) - Johan Elmander desperdiçou três reais chances de gol no primeiro tempo de partida e a Suécia acabou ficando no 0 x 0 com Portugal, neste sábado, em partida válida pela eliminatória européia para a Copa do Mundo de 2010.

O atacante do Bolton Wanderers chutou uma bola para longe do gol após excelente trabalho de Zlatan Ibrahimovic, que foi o capitão de seu país pela primeira vez devido à ausência de Henrik Larsson.

Vinte minutos depois, Elmander mandou outra bola por cima do travessão, para depois perder outra oportunidade numa tentativa de cabeça pouco antes do intervalo.

O resultado garantiu o segundo lugar à Suécia, com cinco pontos em três jogos, um à frente de Portugal que ocupa a terceira colocação. A Dinamarca lidera o grupo com sete pontos.

“Com certeza estou satisfeito com meus jogadores e o comprometimento que tiveram esta noite, embora esteja um pouco decepcionado com o resultado. Nós deveríamos ter vencido esse jogo,” disse o técnico sueco Lars Lagerback, destacando que a Suécia teve mais chances de gol.

“Em março, eu prometi que faria um jogo duro diante de Portugal. Esse grupo ainda está muito aberto e será muito disputado. Não vou subestimar Hungria e Albânia.”

O time anfitrião foi disciplinado e bem-organizado, com o atacante português Cristiano Ronaldo reduzido a uma figura pouco eficiente, especialmente no primeiro tempo.

O jogador do Manchester United, vaiado pela torcida na maior parte do jogo, ajudou a preparar uma oportunidade de gol para Hugo Almeida aos 33 do primeiro tempo, mas sua tentativa foi defendida pelo goleiro Andreas Isaksson.

“Não foi um jogo com muitas oportunidades,” disse Carlos Quieroz, técnico de Portugal, aos repórteres.

“Tentamos usar nosso estilo, mas o time sueco sabia que gostamos de construir nossas jogadas partindo do fundo, eles nos forçaram a mudar nossa tática. Tivemos que passar a bola direto para os jogadores de frente.”

“Nós obrigamos a Suécia a jogar um pouco diferente do que eles estão acostumados, e eles fizeram o mesmo conosco,” concluiu Quieroz.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below