Depois de goleada, Venezuela muda time para enfrentar Equador

terça-feira, 14 de outubro de 2008 16:03 BRT
 

PUERTO LA CRUZ, Venezuela (Reuters) - O técnico da seleção venezuelana, César Farías, fará mudanças significativas na formação titular com a qual receberá na quarta-feira o Equador na partida pela décima rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo da África do Sul.

Com a recente goleada de 4 x 0 sofrida diante do Brasil, a Venezuela, que marcou apenas um ponto em seus últimos cinco compromissos nas eliminatórias, terá praticamente toda a equipe mudada para a partida. Farías está no cargo desde janeiro, e busca sua primeira vitória no torneio classificatório.

A pressão para que o técnico venezuelano seja demitido caso perca para o Equador tem aumentado.

Farias alterou todo o sistema tático da equipe, que jogava no 4-5-1 e agora fará o tradicional 4-4-2, com dois atacantes definidos, um deles o artilheiro Giancarlo Maldonado.

A zaga foi quase totalmente renovada, com a exceção do zagueiro José Manuel Rey, que terá como novo companheiro Gabriel Cichero. Os laterais Roberto Rosales e Juan Fuenmayor jogarão juntos pela primeira vez sob o comando de Farías.

"Essa partida será para ressuscitar", disse o técnico sobre o confronto com o Equador.

O treinador, que está sendo fortemente criticado pela imprensa local, disse sobre sua possível demissão: "Veremos, e me perguntarão depois da partida contra o Equador".

Juan Arango, principal jogador venezuelano, será mantido como meia ofensivo e terá como companheiro César González, que atua no futebol argentino no clube Huracán.

A sétima mudança do treinador venezuelano será a entrada do atual artilheiro do campeonato local, o atacante Daniel Arismendi.

A Venezuela está na nona posição das eliminatórias sul-americanas, com apenas 7 pontos, mesma pontuação do lanterna Peru, que tem menor saldo de gols. A seleção "vinotinto", como é conhecida a equipe venezuelana, derrotou o Equador por 1 x 0 no ano passado, como visitante na primeira rodada das eliminatórias.

 
<p>O t&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o da Venezuela, C&eacute;sar Far&iacute;as, deixa o campo ap&oacute;s perder para o Brasil nas Eliminat&oacute;rias para a Copa do Mundo de 2010 em San Crist&oacute;bal em 12 de outubro. Far&iacute;as far&aacute; mudan&ccedil;as significativas na forma&ccedil;&atilde;o titular com a qual receber&aacute; na quarta-feira o Equador na partida pela d&eacute;cima rodada das eliminat&oacute;rias sul-americanas para a Copa do Mundo da &Aacute;frica do Sul. REUTERS/Jorge Silva</p>