Murray vence Federer e chega à final em Madri

sábado, 18 de outubro de 2008 12:54 BRT
 

Por Ben Harding

MADRI (Reuters) - O britânico Andy Murray superou Roger Federer por 2 sets a 1 (parciais de 3-6, 6-3 e 7-5) neste sábado e chegou à final do Masters de Madri, com chance de vingar sua derrota no Aberto dos Estados Unidos.

Com a vitória, o número quatro do mundo enfrentará ou o número um do mundo, Rafael Nadal, ou o francês Gilles Simon.

Murray afirmara na sexta-feira que se sentia mais relaxado do que antes da derrota por três sets na final do Aberto dos Estados Unidos, no mês passado. Os primeiros saques em torno de 220 quilômetros por hora davam sinais de que o embate seria mais equilibrado na arena do Palácio de Vidro de Madri.

Ele deu mostras de estar em boa forma logo no início, mas Federer não deu tempo para o tenista de 21 anos se estabelecer, forçando erros do adversário para quebrar seu saque no meio do primeiro set.

Murray cresceu em confiança, no entanto, e no terceiro set a partida estava a seu favor.

"Saquei muito bem e o segundo serviço estava muito bom", disse a jornalistas. "Ontem eu joguei bem, mas com todo o respeito a Monfils (Gael, da França) ele não é o mesmo jogador que Federer."

Murray conseguiu 14 aces, 10 deles no set final, mas Federer salvou seis break-points antes de finalmente cair quando o jogo estava 5-5 no último set.

O vencedor chegou ao match-point com um perfeito forehand que cruzou a quadra, e selou sua terceira vitória sobre Federer quando seu oponente acertou a rede num golpe de direita.

Como era o único capaz de chegar à pontuação de Nadal, a derrota de Federer garante ao espanhol a posição de número um do mundo pelo resto do ano.

 
<p>O brit&acirc;nico Andy Murray durante partida contra Roger Federer. Murray superou o advers&aacute;rio por 2 sets a 1 neste s&aacute;bado e chegou &agrave; final do Masters de Madri, com chance de vingar sua derrota no Aberto dos Estados Unidos. REUTERS/Susana Vera</p>