Mais um estádio da Euro 2012 enfrenta incertezas na Ucrânia

segunda-feira, 20 de outubro de 2008 16:41 BRST
 

Por Lyubov Sorokina

LVIV, Ucrânia (Reuters) - Autoridades na cidade ucraniana de Lviv estão procurando uma nova empreiteira, depois que uma empresa austríaca abandonou a construção de um dos estádios para a Eurocopa de 2012, informou uma autoridade local nesta segunda-feira.

A Alpine Bau, uma das maiores construtoras da Áustria, disse na semana passada que não poderia completar a construção do estádio para 30.000 pessoas com a restrição de orçamento feita por autoridades municipais de Lviv.

O incidente é o segundo envolvendo a construção de estádios ucranianos para o torneio, depois que autoridades tiveram que escolher outra empreiteira para a renovação do principal estádio de Kiev, que deve receber a final da Euro 2012.

Depois de duas visitas do presidente da Uefa, Michel Platini, a entidade manteve a escolha da Ucrânia como uma das sedes da competição. A outra sede, a Polônia, está sendo severamente monitorada pela organização.

Oleh Zasadny, diretor do departamento da Euro 2012 no conselho municipal de Lviv, afirmou que o conselho havia rejeitado os novos custos da Alpine Bau, que excediam o limite fixado de 85 milhões de euros (114 milhões de dólares).

"No entanto, o conselho municipal de Lviv já iniciou um procedimento para a escolha de uma nova empreiteira", disse Zasadny à Reuters. "Negociações estão em andamento com empresas da Itália, Croácia, Turquia, Alemanha e Espanha, e propostas oficiais já foram submetidas".

Em Kiev, uma importante autoridade da federação ucraniana de futebol disse que estava esperando para saber quem receberá o contrato.

"Autoridades de Lviv ainda não decidiram sobre a empreiteira que possa apresentar as condições sobre o projeto e que apresente um plano detalhado sobre sua realização", disse à Reuters Ivan Fedorenko, chefe da diretoria para a Euro 2012 da federação.

Fedorenko afirmou que alguma decisão deve ser tomada sobre a renovação do aeroporto de Lviv -- uma das principais preocupações das autoridades européias, juntamente com a parte hoteleira e demais infra-estruturas.

Ele disse que autoridades municipais iriam se reportar à Uefa na próxima semana sobre os planos para o novo estádio, e em novembro sobre projetos relacionados.