24 de Outubro de 2008 / às 14:29 / em 9 anos

Ballack e técnico da seleção alemã tentam reconciliação

<p>O capit&atilde;o da sele&ccedil;&atilde;o alem&atilde;, Michael Ballack, aceitou se reunir com o treinador Joachim Loew, no primeiro sinal de uma poss&iacute;vel reconcilia&ccedil;&atilde;o. Imagem de arquivo. 10 de junho.REUTERS/Alex Grimm</p>

Por Kevin Fylan

BERLIM (Reuters) - O capitão da seleção alemã, Michael Ballack, aceitou se reunir com o treinador Joachim Loew, no primeiro sinal de uma possível reconciliação.

A briga começou nesta semana, quando Ballack se queixou pela imprensa de que os veteranos da seleção não estavam recebendo o devido respeito.

A Associação Alemã de Futebol disse na sexta-feira que os dois conversaram por telefone na véspera, depois de Loew fazer um contato inicial, e marcaram uma reunião cara-a-cara “para o mais rápido possível”.

Na quarta-feira, Loew divulgou nota qualificando de inaceitáveis as declarações do capitão. O treinador disse que Ballack deveria aceitar um encontro, do qual dependeria a sua permanência no time.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below