Maradona será o novo treinador da Argentina

terça-feira, 28 de outubro de 2008 21:04 BRST
 

Por Luis Ampuero

BUENOS AIRES (Reuters) - Diego Maradona anunciou na terça-feira que chegou a um acordo com a Associação de Futebol Argentino (AFA) para ser o novo treinador da seleção nacional, mas que ainda há alguns detalhes por acertar.

O ex-craque se reuniu na terça-feira com o presidente da AFA, Julio Grondona, e saiu dizendo que estava discutindo nomes para sua equipe, na qual constará o treinador Carlos Bilardo, campeão mundial em 1986.

"Acho que Julio nunca teve outro técnico em mente..., decidiu-se por este projeto", disse Maradona. "Temos uma reunião-chave amanhã... Ficamos muito acertados hoje, resta-nos esperar que se torne oficial para começar a trabalhar."

O anúncio pode sair na quinta-feira, dia do aniversário de 48 anos de Maradona, que entretanto afirmou: "Nunca se pode abrir os presentes antes da hora."

Bilardo será coordenador técnico, mas o treinador destacou que "o 1 será Maradona, o que toma as decisões é ele".

Em entrevista ao jornal Infobae, Grondona disse que "nas próximas horas" deve haver anúncios oficiais, e confirmou a presença de Bilardo e do ex-jogador Sergio Batista na comissão.

Maradona disse na semana passada que seu auxiliar-técnico será Pedro Troglio, que atualmente treina o Cerro Porteño, do Paraguai.

O ex-meia era cotado para o cargo de técnico desde a saída de Alfio Basile, afastado neste mês devido aos maus resultados da Argentina nas eliminatórias para a Copa de 2010, em que está na terceira colocação.

Maradona disse que vai definir na quarta-feira seus colaboradores. Também eram citados como possíveis integrantes Carlos Bianchi e Miguel Angel Ruso, técnico do San Lorenzo, atual líder do torneio Apertura. Grondona, no entanto, descartou esses nomes.

Outros veículos da imprensa disseram que Maradona e Grondona estão "perto" de um acordo para que o ex-capitão assuma a seleção.