Nelsinho admite que Renault cogita ter piloto francês em 2009

quarta-feira, 29 de outubro de 2008 18:17 BRST
 

Por Camila Moreira e Tatiana Ramil

SÃO PAULO (Reuters) - Nelsinho Piquet admitiu nesta quarta-feira que sua permanência na Renault está ameaçada e que a equipe tem interesse em contratar um piloto francês para a temporada 2009.

O alvo da escuderia francesa, segundo Nelsinho, seria Romain Grosjean, que faz parte do programa de jovens pilotos da equipe e disputou este ano a GP2, categoria de acesso à Fórmula 1. A possível vaga também é pretendida pelo piloto brasileiro Lucas Di Grassi, reserva da Renault na F1 e que também disputou a GP2 nesta temporada.

"Acho que a Renault está precisando, faz alguns anos que não tem piloto francês. Tem um piloto da escolinha da Renault, o Grosjean, que teve um ano razoavelmente bom na GP2 (ficou em quarto lugar)", disse o brasileiro em entrevista coletiva, em São Paulo.

"Existe essa pressão que o presidente (da equipe Renault, Bernard Rey) está fazendo. Mas no final da história vai ser uma decisão da equipe toda, do Flavio (Briatore, chefe da equipe), de todo mundo...Para mim na verdade é só esperar", acrescentou.

Segundo Nelsinho, depois de 17 corridas, o resultado do Grande Prêmio do Brasil, no próximo fim de semana, não vai interferir na decisão da escuderia. A Renault ainda não anunciou seus pilotos para o ano que vem e a grande expectativa gira em torno da decisão do espanhol Fernando Alonso, bicampeão mundial, de permanecer ou não na equipe.

Sem entrar em detalhes, o filho do tricampeão Nelson Piquet afirmou que está em negociações com outras equipes, quando questionado se a Honda seria um provável destino, no lugar de Rubens Barrichello.

"Conversa sempre tem. O paddock não é muito grande, a gente acaba trocando idéia. Todo mundo sabe o que todos estão fazendo. Todos estão esperando uma decisão do outro", afirmou.

Em sua primeira temporada na Fórmula 1, Nelsinho reconheceu ter tido um ano de altos e baixos. Ele está em 12o lugar no campeonato, com 19 pontos, três a menos que o 10o colocado, o alemão Timo Glock, da Toyota. O bicampeão Alonso é o sexto colocado, com 53 pontos, e duas vitórias.   Continuação...

 
<p>O piloto Nelsinho Piquet, da Renault, em entrevista coletiva. Nelsinho Piquet admitiu nesta que sua perman&ecirc;ncia na Renault est&aacute; amea&ccedil;ada e que a equipe tem interesse em contratar um piloto franc&ecirc;s para a temporada 2009. Imagem de arquivo. 3 de julho.REUTERS/Andrew Winning</p>