Para torcedor, acidente com Hamilton é a única chance de Massa

sexta-feira, 31 de outubro de 2008 17:58 BRST
 

Por Camila Moreira

SÃO PAULO (Reuters) - A torcida brasileira vê apenas uma chance para que Felipe Massa consiga conquistar o título da Fórmula 1 no Grande Prêmio do Brasil, no domingo: é preciso que algo aconteça a Lewis Hamilton que o tire da prova no circuito de Interlagos.

Os torcedores não têm dúvidas de que Massa é o favorito para vencer a prova mas, sete pontos atrás do piloto da McLaren, isso pode não ser suficiente se Hamilton ficar em quinto lugar.

Para os torcedores, o britânico de 23 anos só não leva o título e garante a marca de mais jovem campeão de todos os tempos se de alguma maneira ele sair da corrida. Se continuar na pista, o consenso é de que será muito difícil ele não marcar os pontos que precisa.

Apesar de muitos pilotos já terem descartado que seja possível ajudar Massa nessa empreitada, há quem brinque afirmando que alguém poderia dar uma ajuda.

"O (Fernando) Alonso (da Renault) tem que dar um totó no Hamilton porque ele é seu desafeto. Pode ser numa curvinha, nada pesado, numa disputa (por posição)", disse o empresário Luiz Eduardo Farias, 51 anos.

"A outra equipe com motor Ferrari, a Toro Rosso, vai dar uma mãozinha dando um esbarrão para o Hamilton sair, sutilmente. Essa questão não é só do Massa, é da Ferrari", completou Marcelo Campanhara, 39, também empresário.

O consenso geral, entretanto, é de que a chuva deverá ser o maior aliado de Felipe Massa. A previsão do tempo indica que haverá precipitações no domingo.

"Com chuva, a chance de acidente aumenta. No seco, a McLaren está muito bem, não vai quebrar nunca. O Massa tem chance de vencer mas o Hamilton chegar em sexto é difícil", avaliou Marcelo Arantes, 37, consultor financeiro.   Continuação...

 
<p>O piloto da Ferrari Felipe Massa, from Brazil, depois de treino em Interlagos, em S&atilde;o Paulo. A torcida brasileira v&ecirc; apenas uma chance para que Felipe Massa consiga conquistar o t&iacute;tulo da F&oacute;rmula 1 no Grande Pr&ecirc;mio do Brasil, no domingo: &eacute; preciso que algo aconte&ccedil;a a Lewis Hamilton que o tire da prova no circuito de Interlagos. REUTERS/Bruno Domingos (BRAZIL)</p>