Coulthard se despede da Fórmula 1 com batida na primeira curva

domingo, 2 de novembro de 2008 17:07 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - David Coulthard deu adeus à Fórmula 1 no Grande Prêmio do Brasil, deste domingo, com uma batida na primeira volta que encerrou a carreira de 15 anos do piloto britânico.

Coulthard, vencedor de 13 grandes prêmios com a Williams e McLaren, colidiu com a Williams do japonês Kazuki Nakajima, num incidente que também acabou com a corrida do brasileiro Nelson Piquet, da Renault.

O 'safety car' entrou, com os carros andando atrás no molhado circuito de Interlagos, depois que a largada foi atrasada por 10 minutos após uma pancada de chuva que obrigou todos a trocar os pneus.

O piloto de 37 anos, que anunciou sua aposentadoria durante a temporada, fez sua estréia pela Williams em maio de 1994, depois que o piloto principal da equipe, o tricampeão mundial Ayrton Senna, morreu em Imola.

O escocês, vice-campeão mundial pela McLaren em 2001, ano do título de Michael Schumacher da Ferrari, largou em mais corridas (246) e marcou mais pontos (535) do que qualquer outro piloto britânico.

Sua ficha inclui duas vitórias em Mônaco, o destaque charmoso do calendário, bem como duas conquistas em Silverstone, perante sua torcida.

 
<p>O piloto da Red Bull, o escoc&ecirc;s David Coulthard, acena para a torcida em sua despedida da F&oacute;rmula 1, em prova curta ap&oacute;s confus&atilde;o na largada. REUTERS/Sergio Moraes (BRAZIL)</p>