November 3, 2008 / 11:56 AM / 9 years ago

Será difícil parar Hamilton agora, diz Damon Hill

3 Min, DE LEITURA

<p>O ex-campe&atilde;o mundial de F&oacute;rmula 1 Damon Hill elogiou o novo brit&acirc;nico vencedor da categoria, Lewis Hamilton, e disse que a partir de agora ser&aacute; dif&iacute;cil segurar o rapaz de 23 anos.Sergio Moraes (BRAZIL)</p>

Por Alec Goulden

SILVERSTONE, Inglaterra (Reuters) - O ex-campeão mundial de Fórmula 1 Damon Hill elogiou o novo britânico vencedor da categoria, Lewis Hamilton, e disse que a partir de agora será difícil segurar o rapaz de 23 anos.

"Acho um tremendo resultado", disse Hill, campeão de 1996, à TV Reuters depois de assistir o GP de Interlagos ao lado da torcida por um telão no autódromo de Silverstone, no domingo.

"Ele aparece à frente depois de quase ganhar na sua primeira temporada. O mais jovem campeão mundial que já houve, novo campeão mundial britânico e o primeiro em 12 anos . Ele colocou a Grã-Bretanha de volta ao topo, e estou muito orgulhoso dele," acrescentou o escocês, que fora o último vencedor britânico da F1 antes de Hamilton.

"Lewis é um tremendo talento, um grande embaixador do automobilismo britânico, e possivelmente um dos maiores pilotos que já tivemos neste país. Ele tem um título mundial na conta, e acho que a partir de agora será difícil segurá-lo."

Em Silverstone, a torcida aplaudiu e vibrou ao ver Hamilton terminar o GP do Brasil em quinto lugar, depois de ultrapassar o alemão Timo Glock na última curva, o que lhe deixou um ponto à frente do brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, que venceu a prova.

Junto com Hill estavam os ex-pilotos John Watson e Jody Scheckter (único africano a vencer um Mundial da F1, em 1979). Vanessa, tia de Hamilton, também foi ao autódromo com sua família.

"Massa teve ritmo, não tinha nada para fazer a respeito, mas a gente sabe que Lewis mereceu o campeonato. Se você olha o ano todo, ele definitivamente mereceu o campeonato", disse o sul-africano Scheckter.

"Lewis foi lá e simplesmente passou de vice-campeão a campeão mundial de 2008", disse Watson, referindo-se à ultrapassagem da última curva. "Não dava para escrever o roteiro, não dava para escrever o filme. Nunca vi uma final tão emocionante assim em qualquer mundial de Fórmula 1. Estou quase sem palavras, quase sem palavras..."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below