Presidente da Ferrari diz que título de Hamilton é um empréstimo

segunda-feira, 3 de novembro de 2008 19:54 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O título mundial de Lewis Hamilton na Fórmula 1 é apenas um empréstimo, afirmou o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo nesta segunda-feira, após o Grande Prêmio do Brasil, última prova da temporada.

"Eu gostaria de parabenizar Lewis Hamilton, o mais jovem campeão na história da Fórmula 1", disse o italiano em nota.

"Ele foi um rival muito poderoso, com certeza, e sua vitória, por mais apertada que tenha sido, foi bem merecida."

"Ele terá o número 1 em seu carro na próxima temporada, mas pode ter certeza de uma coisa: faremos o nosso melhor para que o número volte para a Ferrari", afirmou.

Hamilton, de 23 anos, conquistou o título com apenas um ponto de vantagem para o brasileiro Felipe Massa, depois de ultrapassar o alemão Timo Glock, da Toyota, há alguns segundos do final da última volta da corrida de Interlagos.

A Ferrari não manteve o título vencido com o finlandês Kimi Raikkonen em 2007, mas manteve a coroa do mundial de construtores.

Montezemolo afirmou que, em todos os seus anos na Fórmula 1, nunca tinha visto uma final mais emocionante, e parabenizou sua equipe por seus esforços na tentativa de conquistar o décimo sexto título de sua história, e o oitavo na última década.

"Vencer pela oitava vez em 10 anos -- um feito nunca igualado em qualquer outro esporte -- prova sem sombra de dúvida como somos um grupo extraordinário", disse.

"Temos dois pilotos ótimos com Felipe e Kimi, e eles merecem todos os nossos elogios por um trabalho muito bem feito", continuou, classificando Massa como "um grande campeão e um grande homem".

"Em particular, penso em Felipe quando ele cruzou a linha de chegada ontem como campeão do mundo para perder o título alguns segundos depois", disse. "Eu posso imaginar como isso deve ter sido doloroso para ele."

(Reportagem de Alan Baldwin)

 
<p>Luca di Montezemolo, presidente da Ferrari, disse que o t&iacute;tulo mundial de Lewis Hamilton na F&oacute;rmula 1 &eacute; apenas um empr&eacute;stimo. "Eu gostaria de parabenizar Lewis Hamilton, o mais jovem campe&atilde;o na hist&oacute;ria da F&oacute;rmula 1", ponderou o italiano em nota. REUTERS/Giampiero Sposito</p>