9 de Novembro de 2008 / às 20:02 / 9 anos atrás

Bayern derrota Schalke e Hoffenheim perde liderança

Por Kevin Fylan

BERLIM (Reuters) - O Bayern de Munique encostou no novo líder Bayer Leverkusen quando Luca Toni e Franck Ribery deram ao time uma vitória de 2 x 1 sobre o Schalke 04 neste domingo, enquanto o Hoffenheim perdeu de 1 x 0 para o Hertha Berlin fora de casa.

Toni, que voltou de uma contusão na costela, finalizou com elegância e deu ao Bayern uma vantagem precoce em um de seus campos mais problemáticos.

O Schalke empatou quase imediatamente graças a Jefferson Farfan mas Ribery, com categoria incomparável, marcou seu quarto gol em quatro jogos da liga alemã e deu ao clube campeão sua quinta vitória consecutiva.

O Hoffenheim surpreendeu a todos nesta temporada, e o rico time desafiou as previsões novamente neste domingo quando sua seqüência de cinco vitórias chegou ao fim.

O muito elogiado trio composto por Vedad Ibisevic, Demba Ba e Chinedu Obasi falhou, e o Hertha obteve a vitória quando Andriy Voronin marcou a vinte minutos do encerramento.

A derrota saiu cara para o Hoffenheim, pois significa que o Leverkusen o ultrapassou em diferença de gols depois do empate de 3 x 3 com Karlsruhe na casa do adversário no sábado.

O Leverkusen e o Hoffenheim somam 25 pontos em 12 partidas, com o Bayern em terceiro com 24 pontos.

AULA MAGNA DE RIBERY

Não é coincidência que a recuperação do Bayern, depois de uma estréia terrível sob o comando de Juergen Klinsmann, tenha sido simultânea à volta de Ribery.

Depois da troca inicial de gols o Schalke assumiu o controle, e foi somente a habilidade de Ribery para segurar a bola no meio-campo que deu a seu time algum alívio.

Seu gol foi uma obra de arte. O jogador de 25 anos deslizou pela esquerda e enganou dois marcadores trocando passes com Zé Roberto. Este hesitou antes de mandar a bola para a trave mais próxima, onde Ribery esperava para carimbar o alto da rede.

O Bayern se viu sob forte pressão enquanto o Schalke mandava os jogadores para a frente, e com Michael Rensing suportando outro dia tenso no gol as coisas ficaram feias para os campeões em alguns momentos.

O time deu sorte quando Heiko Westermann cabeceou para longe uma bola ganha graças a um erro de Rensing, que lhe deu uma chance clara depois de uma cobrança de falta já nos acréscimos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below