12 de Novembro de 2008 / às 17:08 / 9 anos atrás

Bombas deixam 12 mortos em Bagdá;iraquiano mata soldados dos EUA

BAGDÁ (Reuters) - Duas explosões, uma de um carro-bomba e outra na beira de uma estrada, mataram 12 pessoas e feriram outras 60 no Distrito de Nova Bagdá, onde fica a capital do país, nesta quarta-feira, afirmou a polícia.

O carro-bomba tinha como alvo uma patrulha da polícia, e outra explosão na margem de uma estrada matou e feriu aqueles que se reuniram no local da primeira explosão, segundo a polícia.

Os ataques foram os últimos de uma série em Bagdá. Um carro-bomba matou quatro pessoas e feriu 13 no distrito de Shaab, ao norte de Bagdá, mais cedo nesta quarta, afirmou a polícia. Outra bomba na mesma área feriu outras sete pessoas.

Em mais um incidente separado, um soldado iraquiano matou dois solados norte-americanos e feriu mais seis em uma estação de segurança conjunta na cidade de Zenjili, nas proximidades de Mosul.

"Dois soldados foram mortos e seis ficaram feridos em decorrência de um ataque com arma de baixo calibre. As primeiras informações indicam que o agressor era um soldado iraquiano", disse o Exército dos EUA em comunicado.

Os números de violência caíram drasticamente no Iraque nos últimos meses para o menor nível desde a invasão liderada pelos Estados Unidos em 2003.

Mas os insurgentes já mostraram que podem promover ataques devastadores e de larga escala em Bagdá e em todo o país.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below