Maradona pode renunciar antes da estréia na Argentina

quarta-feira, 12 de novembro de 2008 22:50 BRST
 

BUENOS AIRES (Reuters) - Diego Maradona, que foi nomeado técnico da seleção argentina na semana passada, pode renunciar caso a Associação Argentina de Futebol (AFA) não aprove um nome indicado por ele para atuar como seu auxiliar de campo, segundo informou a imprensa local.

Maradona, um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos, supostamente chegou a um ponto morto nas negociações com o presidente da AFA, Julio Grondona, devido à eleição de seu assistente técnico.

O ex-astro, que pode estrear no banco alviceleste na próxima quarta-feira em um amistoso contra a Escócia, disse querer que o cargo seja ocupado seu ex-companheiro de equipe Osccar Ruggeri, um rival pessoal de Grondona.

Grondona, que expressou sua oposição à idéia, recusou-se a comentar a situação na quarta-feira, mas admitiu na saída da sede da AFA que sua relação com Ruggeri não é das melhores.

A disputa começou apenas três dias antes da viagem de Maradona à Escócia.

A rede de TV por cabo argentina TyC Sports disse que Maradona reuniu-se na quarta-feira com o ex-técnico Carlos Bilardo e enviou uma mensagem a Grondona na qual insiste na nomeação de Ruggeri.

Outrous meios, entre eles o canal de notícias por cabo TN e o site do jornal Clarin, também reportaram o encontro e o ultimato. Segundo a TyC sustentou que haverá uma reunião na quinta-feira entre a AFA e Maradona.

 
<p>Maradona pode renunciar antes de sua estr&eacute;ia como t&eacute;cnico REUTERS/Marcos Brindicci (ARGENTINA)</p>