November 16, 2008 / 8:28 PM / 9 years ago

Villarreal perde a chance de tirar liderança do Barcelona

4 Min, DE LEITURA

<p>Giuseppe Scurto "Rossi" (dir), luta pela bola com Iban Cuadrado, do M&aacute;laga, durante partida pela primeira divis&atilde;o do Campeonato Espanhol em M&aacute;laga, no dia 16 de novembro. O Villarreal perdeu a chance de tomar a lideran&ccedil;a do Barcelona no Campeonato Espanhol ao empatar em 2 x 2 com o M&aacute;laga neste domingo.Jon Nazca (SPAIN)</p>

Por Iain Rogers

MADRI (Reuters) - O Villarreal perdeu a chance de tomar a liderança do Barcelona no Campeonato Espanhol ao empatar em 2 x 2 com o Málaga neste domingo.

Em outras partidas, Diego Forlán marcou duas vezes no segundo tempo, e o Atlético Madri massacrou o visitante Deportivo La Coruña por 4 x 1, e o Sevilha venceu o Getafe por 2 x 0, com gols de Luís Fabiano e Tom de Mul.

O ex-atacante do Manchester United, Giuseppe Rossi, abriu o placar para o Villarreal no sétimo minuto de jogo, ao acertar um bom chute rasteiro da entrada da área, que passou por baixo do goleiro Francesc Arnau, do Málaga.

O meio-campo português Duda empatou em cobrança de falta de longa distância aos 30 minutos, mas Joseba Llorente voltou a colocar o Villarreal na frente aos 4 minutos da segunda etapa.

Helder Rosario conseguiu o empate no fim para o Málaga, ao completar de cabeça uma cobrança de um escanteio. O resultado deixa o invicto Villarreal em segundo lugar na tabela, com 25 pontos em 11 jogos.

O Barcelona, que também tem 25 pontos, mas um saldo de gols melhor, pode abrir três pontos de diferença na liderança se vencer o Recreativo Huelva ainda neste domingo.

No sábado, o Real Madrid e o Valencia perderam a oportunidade de ficar temporariamente no topo da classificação.

A má-forma do quarto colocado Real continua a mesma, com o time perdendo por 1 x 0 para o Valladolid, e o Valência sendo derrotado em casa pelo Sporting Gijón, ficando em terceiro lugar.

O Real, o Valência e o Sevilha têm 23 pontos, com os andaluzes em quinto devido ao saldo de gols, e o Atlético de Madri está uma posição atrás do Sevilha, com 17 pontos.

O Osasuna, que ainda não venceu no campeonato, está na lanterna da tabela e joga ainda neste domingo contra o penúltimo lugar Athletic Bilbao, um jogo importante para os ameaçados técnicos José Antonio Camacho, do Osasuna, e Joaquín Caparros, do Athletic.

No estádio Vicente Calderón, os zagueiros do Deportivo falharam no gol de John Heitinga para o Atlético, quando fracassaram em cortar o cruzamento de Simão Sabrosa e permitiram o holandês tocar de peito para o gol.

O atacante uruguaio Forlán marcou o segundo tocando por entre as pernas do goleiro Daniel Aranzubia, do Deportivo, logo no início do segundo tempo e o capitão Maxi Rodríguez conseguiu o terceiro aos 25 minutos da segunda etapa.

Forlán marcou um segundo gol com uma conclusão inteligente aos 36 minutos do segundo tempo, e Filipe diminuiu para o Deportivo pouco antes do fim.

Luís Fabiano deu ao Sevilha a liderança na partida contra o Getafe aos 36 minutos, quando o atacante brasileiro correu para receber o passe de Ndri Romaric e tocou entre as pernas do goleiro argentino Roberto Abbondanzieri.

O atacante belga De Mul apareceu livre pela esquerda, nos acréscimos e seu chute também passou entre as pernas de Abbondanzieri, quando o argentino saiu do gol.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below