20 de Novembro de 2008 / às 02:39 / em 9 anos

Brasil desencanta em casa e vence Portugal por 6 x 2

<p>Luis Fabiano (E) e Kak&aacute; vibram com gol do Brasil em amistoso contra Portugal.Jamil Bittar (BRAZIL)</p>

Por Fernando Exman

GAMA (Reuters) - A seleção brasileira enfim marcou gols em casa este ano e derrotou Portugal nesta quarta-feira por 6 x 2, de virada, em Gama, cidade localizada a cerca de 40 quilômetros da capital Brasília.

Desde novembro de 2007 a seleção não marcava um gol em território brasileiro --foram três empates por 0 x 0 este ano, contra Argentina, Bolívia e Colômbia. Com a vitória no amistoso, último jogo do Brasil em 2008, o técnico Dunga deve reduzir a pressão que vem sofrendo para deixar o comando da equipe.

"Foi um excelente jogo, uma excelente atuação da seleção, com muitos gols. Tudo o que todo mundo queria, inclusive nós jogadores, por isso nossa alegria hoje", disse o meia Kaká.

Portugal saiu na frente no início da partida, com um bonito gol de Danny. A defesa brasileira não conseguiu afastar a bola depois de cobrança de escanteio, e o jogador português marcou de letra.

O Brasil não se intimidou. Robinho avançou pela esquerda e tocou a bola para Luís Fabiano, que, livre dentro da área portuguesa, empatou o jogo.

Os brasileiros então passaram a dominar a partida. Pelo lado direito do ataque, Kaká avançou e tocou para trás. Luís Fabiano dominou a bola, driblou o zagueiro e marcou seu segundo gol.

O Brasil teve mais duas chances com Robinho e Kaká, que, apesar de receber a bola sozinho na área portuguesa, chutou a bola sobre o gol de Quim.

No duelo entre Kaká e Cristiano Ronaldo, o brasileiro levou a melhor. No primeiro tempo, entretanto, os destaques do jogo foram Robinho, que esbanjou habilidade e chegou a ajudar a defesa em alguns lances, e o artilheiro Luís Fabiano.

Kaká e Cristiano Ronaldo, que jogam respectivamente pelo Milan e pelo Manchester United, disputam a eleição de melhor jogador do mundo pela Fifa. O brasileiro levou o prêmio no ano passado e o português é o favorito para ganhar em 2008.

Na segunda etapa, o jogo iniciou travado. Mesmo sem criar belas jogadas, o time brasileiro recebeu o apoio da torcida com gritos de "olé" quando manteve sequências de trocas de passes.

A seleção brasileira acelerou o ritmo e conseguiu marcar mais dois gols, com um forte chute de Maicon e novamente com Luís Fabiano.

O jogo começou a ficar mais violento, e Maniche e Elano se desentenderam. Na tentativa de assegurar o controle do andamento da partida, o árbitro uruguaio Jorge Larrionda mostrou o cartão amarelo para o meia brasileiro.

Na sequência, Simão recebeu livre a bola dentro da área brasileira e reduziu a vantagem brasileira para 4 x 2.

Mas o alívio português durou pouco. Pelo lado direito, Elano chutou cruzado com força e marcou um belo gol.

Portugal não desistiu, mas Cristiano Ronaldo e seus companheiros não obtiveram êxito. No último lance da partida, Adriano, que substituiu o aplaudido Luís Fabiano, escorou de cabeça cruzamento e definiu o placar: 6 x 2.

POLÍTICA

O jogo amistoso marcou a reinauguração do estádio Walmir Campelo Bezerra, o chamado Bezerrão. O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM), investiu 11 milhões de reais para trazer a partida a Gama. O objetivo do governador, que integra um partido de oposição ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, é fazer do Distrito Federal uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, que será organizada pelo Brasil.

O evento, entretanto, foi cercado de polêmica. O governo do Distrito Federal, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Federação Brasiliense de Futebol reservaram cerca de 25 por cento dos 19.197 ingressos para convidados - políticos, funcionários públicos e celebridades.

Também participaram da festa Pelé, que deu o pontapé inicial, e o piloto de Fórmula 1 Felipe Massa. O presidente Lula não compareceu.

O governo local também organizou sorteios para distribuir entradas para a população e operários que trabalharam na construção do estádio.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below